Nove de julho

Imagem:Cartaz Revolucionário 1.jpgImagem:Cartaz Revolucionário.jpgImagem:Mulheres Paulistas.jpg

Só aqui em São Paulo vi esta data ser feriado e ainda me espanto com a importância que a Revolução Constitucionalista tem para os paulistas. O feriado é só estadual, mas aqui tem importância imensa, pois consideram a Revolução de 1932 como o maior movimento cívico da história do estado. Enfim, é importante, foi a primeira grande revolta contra o governo de Getúlio Vargas – que foi um ditador, apesar de ter tanta gente que o adora por seu populismo – e o último grande conflito armado corrido no Brasil. Foram 85 dias de combates – de 9 de julho a 2 de outubro de 1932 – com um saldo oficial de 934 mortos. Estimativas não oficiais contam até 2.200 mortos, sendo que inúmeras cidades do interior do estado de São Paulo sofreram danos devido ao combates. Enfim, a luta é chamada também de Guerra Paulista e foi um movimento armado na tentativa de derrubar o governo provisório de Getúlio Vargas. Temos que admitir  foi uma atitude corajosa, que inclusive recrutava mulheres – como se vê no cartaz acima –  na tentativa de instituir um regime constitucional após a supressão da Constituição de 1891 pela Revolução de 1930.

Zemanta Pixie
Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook