Northern Rescue, uma “novelinha” bonitinha

Do meu #feriadonerd: terminei essa “novelinha” hoje: Northern Rescue.

Bonitinha, para quem gostava de dramas no estilo “Party of 5”, “Everwood” e “Brothers and Sisters”.

Um resumo:

Depois da morte repentina da mulher, John (William Baldwin) retorna à sua cidade natal na tentativa de reconstruir a sua vida e a relação com os seus três filhos adolescentes.

Antes de assistir, li uma crítica sobre o episódio piloto que dizia queNorthern Rescue tem uma qualidade familiar que rapidamente se entranha – o conceito não é exatamente novo, mas a série desperta o interesse”.

E é exatamente por aí. Não é ótima, mas é confortável, familiar, acolhe e agrada de um jeito suave.

A relação deste pai bem intencionado, mas que tem pouca experiência com o cotidiano dos filhos (três jovens muito diferentes e que processam a morte da mãe de formas muito peculiares) é comovente. A figura da tia Charlotte (Kathleen Robertson) humaniza as dificuldades, atuando como ponte entre o pai viúvo e os adolescentes, além de, para nós latinos, dar algum vínculo de família estendida que a gente estranha quando “não vê” nos dramas dos EUA.

E sobre os filhos: a melhor, para mim, foi justamente a atriz estreanteAmalia Williamson (Maddie) está bem como a protagonista. Spencer MacPherson (Scout, conhecido por seus papéis em “DeGrassi: Next Class” e “Reign“) e Taylor Thorne (na personagem que tem o mesmo nome, conhecida por um papel “Condor“) fecham o núcleo familiar dessa produção do Canadá, CBC e Netflix.

Um ponto que considerei bem positivo: os diálogos de uma das personagens com sua terapeuta são bons, pé no chão, favorecendo a autonomia. Gostei!

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, casada, mãe de 3, jornalista no @avidaquer @maecomfilhos @biblianafamilia.

Comentários no Facebook