destaque / entretenimento

   

Estávamos ouvindo musicas “da nossa época” e surgiu “Come as you are”, no Nirvana, e a imagem do bebê na piscina. #aos12 perguntou: 

– Por que alguém tira foto de um bebê com dinheiro na piscina?

Respondi como eu tinha lido que o bebê famoso interpretou anos depois.

Cada pessoa interpreta da uma maneira diferente, na opinião de Spencer Elden, que aos quatro meses de idade, estampou a capa do álbum “Nevermind”, a imagem significa o abandono da inocência e todo mundo correndo atrás de dinheiro, mais cedo e mais rápido.

http://m.youtube.com/watch?v=vabnZ9-ex7o

Aos 23 anos, ele disse ao The Guardian que a foto lhe abre portas até hoje. O álbum vendeu cerca de 30 milhões de cópias e levou a imagem do bebê para o mundo todo [e que] que ainda acha estranho ser ícone de um álbum tão cultuado, mas admite que graças ao retrato teve oportunidade de trabalhar com o artista plástico americano Shepard Fairey por cinco anos. “Ele é um grande apreciador da música, quando soube que eu era o bebê do Nirvana ele pensou que seria muito legal”. Com a garotas a fama também funciona, claro. 

E que mãe ou pai deixa o filho 

fazer uma coisa dessas com apenas 4 meses?

Ele conta que sua mãe disse que teve uma visão que seu então bebê teria a imagem estampada em todos os lugares. Antes da capa do álbum, ela tirava fotos e distribuía aos amigos. Até que um dia, seu pai, que frequentava uma escola de arte, recebeu a ligação do amigo fotógrafo Kirk Weddle. Ele perguntou se o pai não queria “fazer um dinheiro e jogar seu bebê na piscina”. O pai concordou e ganhou 200 dólares pela imagem.

Weddle fez uma seleção com vários bebês – a maioria meninas – e Elden foi escolhido. Ele acredita que foi selecionado por ser do sexo masculino e ficou feliz porque foi com o Nirvana e não um grupo parecido com Backstreet Boys.

Né? 

Como discordar?

The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline Estatísticas