Nem Sibéria, nem Disneylandia, Alagoas é Brasil

20110926-104602.jpg

“Como uma ecossocialista como a Heloísa Helena poderia fazer aliança com uma ecocapitalista como é a Marina (Silva)?” pergunta Plínio de Arruda Sampaio na reportagem da de Ângela Pinho.

Estes bastidores entre as eleições são vitais para nossa compreensão dos meandros do processo político. Alagoas já foi a terra do caçador de marajás com direito a capas heroicas em revistas semanais e agora é chamada de Sibéria para onde os desafetos da atual família política, é considerada por alguns a Disneylândia onde se faz magias com politicagem e dinheiro público. Mas na verdade é um estado brasileiro, como o meu e o seu, e precisa que todos nós fiquemos de olho no que acontece lá e em pouco tempo pode reverberar nacionalmente e “respingar” na sua vida particular, no seu trabalho, na sua cidade sob a forma de uma realidade que não é o que sonhamos para nós lá atrás, quando fomos às ruas e lutamos por mudanças.

É #PraPensar e também para ficar de olho!

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook