destaque / empreendedorismo
13892286_1619030425094408_6032194317570749157_n

Não é segredo para ninguém que a disparidade de gênero é um problema enorme quando o assunto é tecnologia, mas ainda se fala muito pouco sobre a presença da mulher negra nesse universo.

Hoje em dia apenas um quarto das vagas de TI são de mulheres e as negras representam apenas 3% das cientistas e engenheiras! Quando pensamos no perfil da pessoa que trabalha com tecnologia, quase sempre visualizamos um homem branco e raramente uma mulher negra.

As minas programam acreditam que um dos primeiros passos pra mudar esse cenário é falar sobre o assunto e por isso hoje acontece uma conversa que pretende desconstruir os estereótipos de carreira associados às mulheres negras.

Para inspirar, experiências das convidadas, histórias sobre como a intersecção entre machismo e racismo acabam afetando o envolvimento das meninas e mulheres com a tecnologia e muito mais. 🙂

A atividade é gratuita e não é necessário fazer inscrição! só chegar 😉

Convidadas:

Camilla Gomes (MariaLab)

Maria Rita Casagrande (Blogueiras Negras)

Buh D’Angelo (InfoPreta)

Cristiane de Paula (Núcleo de Consciência Negra da USP)

Mediação: Bárbara Paes (minas programam)

The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline Estatísticas