Negras em Tela no Imagens, olhares e outras narrativas do SESC Avenida Paulista

Por cinco sábados, 20 mulheres participarão da Imersão em Direção de Fotografia para Mulheres oferecida pelo DAFB – Coletivo de Diretoras de Fotografia do Brasil.  As facilitadoras são mulheres que compõem as equipes de Direção de Fotografia do Audiovisual no Brasil, atuantes nos segmentos de Cinema, Televisão, Publicidade e Mídia Ativismo, membras do DAFB, Coletivo que se formou há dois anos, visando fortalecer a presença das mulheres nessa função, no intuito de transformar os números que indicam uma predominância masculina nesses cargos.

A imersão tem como principal objetivo produzir e transmitir conhecimentos através de uma sistematização das etapas do trabalho da direção de fotografia e da realização de exercícios práticos de criação. Além do conhecimento técnico, as facilitadoras estimulam o florescer da intuição durante o processo de concepção de uma imagem, dividindo suas experiências e propondo uma formação consistente e emancipada.

O resultado final desses encontros serão pequenos vídeo-exercícios produzidos pelas participantes durante os encontros, a partir de conceitos e ferramentas abordados na imersão como enquadramento, movimento, luz, corpo e olhar sensíveis e preparados para o ato de filmar.

Estes experimentos serão objetos de análise e discussão na tarde do quinto encontro, com a presença de uma convidada internacional, Helène Louvart, diretora de fotografia francesa com 30 anos de carreira, responsável pelas imagens de filmes como Pina, Xenia, Spectrus e Horizon.

Facilitadoras: Aline Belfort, Julia Zakia, Flora Dias, Wilssa Esser, Karla da Costa, Gabriela Akashi, Bia Marques, Anna Julia Santos, Fernanda Ligabue, Janice D’Avila, Anali Dupré, Camila Freitas, Samanta do Amaral, Alice Drummond, Ana Galizia e Cris Lyra.

Os encontros acontecerão aos sábados, de 08/09 a 06/10, das 10h às 17h30. É importante que as candidatas e candidatos se comprometam em comparecer a todos os encontros. Serão encontros de duração de dois períodos de 3 horas cada, das 10h às 13h e das 14h30 às 17h30.

Infelizmente as inscrições já se encerram, mas vale o destaque para o encontro desta semana:

O bate-papo “Negras em Tela” convida Joyce Prado e Mariane Nunes, integrantes do Coletivo das Diretoras de Fotografia do Brasil (DAFB), para conversar com o público sobre questões de representatividade e o estereótipo da pessoa negra no audiovisual. A entrada é gratuita com retirada de ingressos com uma hora de antecedência.

Em uma abordagem que transita entre a técnica e a representação simbólica e imagética, Mariane Nunes e Joyce Prado apresentam ao público reflexões embasadas em leituras teóricas, vivências profissionais e análise fílmica e audiovisual focadas na Direção de Fotografia. Levando inquietações sobre a representação e ressignificação da pessoa negra em telas, formas de reprodução de estereótipos e o desenvolvimento tecnológico da fotografia que ignora as questões de raça e do sul global.

Joyce Prado é membra do DAFB. Formada em Comunicação Social: Rádio e TV pelo Centro Universitário Belas Artes de São Paulo e especialista em Roteiro Audiovisual pelo Centro Universitário SENAC. Desenvolve trabalhos na área de cinema documental, ficcional e publicitário, já atuou nas produtoras: Gullane, Produtora Associados, Sagaz Filmes, Geral Filmes,Timore AV e Cinema Zungu. Atualmente, é Diretora Administrativa da Associação de Profissionais do Audiovisual Negro (APAN) e sócia-fundadora da Oxalá Produções. Dirigiu as webséries “Cartas de Maio” (2018) e “Empoderadas” (2015 – 1ª temp.), e os curtas “Fábula de Vó Ita” (2016) e “Okán Mimó: Olhares e Palavras de Afeto” (2017).

Mariane Nunes, membra do DAFB, é moradora do Jardim São Luiz – zona sul de São Paulo, e estudante de graduação do Curso Superior do Audiovisual da Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo – ECA/USP, com especialização em direção de fotografia. Atualmente, é membra da gestão do Núcleo de Consciência Negra e membra do coletivo de artes negras OPÁ Negra. Seus Principais trabalhos na direção de fotografia são “Receita de Caranguejo” (dir. Issis Valenzuela), “Sample” (dir. Anna Júlia Travia) e “Sem Asas” (dir. Renata Martins) – fotografia assinada ao lado de Taís Nardi.

Veja como foram os outros encontros:

O DAFB – Coletivo das Diretoras de Fotografia do Brasil – é um coletivo de mulheres (cis e trans) e homens trans que compõem as equipes de Direção de Fotografia do audiovisual no Brasil, criado para organizar profissionais do mercado, fortalecer e estimular sua participação nesse segmento. O coletivo se formou há dois anos, visando fortalecer a presença das mulheres nessa função e no intuito de transformar os números que indicam uma predominância masculina nesses cargos.

Serviço:

  • NEGRAS EM TELA
  • Encontro teórico com Joyce Prado e Mariane Nunes (DAFB)
  • Quando: 21 de Setembro
  • Horário: 19h (sexta)
  • Local: Tecnologias e Artes – 4º andar (20 lugares)
  • Ingressos: Grátis – retirada de ingresso com uma hora de antecedência
  • Classificação etária: 18 anos
  • SESC AVENIDA PAULISTA
  • Avenida Paulista, 119, Bela Vista, São Paulo
  • Fone: (11) 3170-0800
  • Transporte Público: Estação Brigadeiro do Metrô – 350m
  • Site: sescsp.org.br/avenidapaulista
  • Facebook: facebook.com/sescavpaulista
  • Instagram: @sescavpaulista
Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.