As Crônicas de Nárnia – Viagem do Peregrino da Alvorada #recomendo

[update] resultado do sorteio dos ingressos para Crônicas de Narnia está aqui http://sorteie.me/1AUn – a ganhadora é @JoiceOlive [/update]

#promo

Tenho 4 ingressos para sortear no Twitter entre os leitores do blog que quiserem ver o filme na faixa (válido para cinemas de todo Brasil). Para participar basta ser seguidor dos perfis @samegui e @avidaquer e dar RT deste post com a url http://kingo.to/p1v – e você  pode seguir também o @NovoMundoALE que presenteou os leitores do blog com os convites.

Não sabe o que escrever no tuite? Algo simples como “Quero ganhar os ingressos para Crônicas de Narnia que a @samegui está sorteando no @avidaquer http://kingo.to/p1v”  – ou deixe a criatividade correr solta, só lembre de citar o link e seguir os perfis, tá?

Vou contabilizar os RTs com o link publicados até as 23h59 do domingo, dia 26/12.

=)

Aqui em casa somos Narnianos assumidos, eu e os meninos gostamos muito da história desde que surgiu nas telas de cinema – antes eu tinha ouvido falar, mas confesso que o livro, que agora temos e apreciamos, parecia muito volumoso para ler sem crianças com quem compartilhar.

Como em O Senhor dos Anéis, que foi o tema de tantos RPGs e discussões na faculdade e eu li de fato durante a gestação do Giorgio (enchendo Enzo, então com 2 anos, de histórias fantásticas de homens valorosos), Nárnia é uma oportunidade de se divertir com aventuras de homens e mulheres de caráter, que seguem seus princípios, são destemidos e enfrentam as surpresas sem se perder no (mau) caminho. Os testes pelos quais passamos no cotidiano são representados nos desafios pessoais dos personagens e nos sentimos fortalecidos em nossa própria caminhada. Creio que esta situação é um bom exemplo para as crianças.

E o novo filme, como é?

A aventura desta vez envolve apenas os “menores” Lúcia e o Edmundo (Pedro e Susana estão na faculdade), que arrastam o primo mais novo Eustáquio para Nárnia, reino ao qual são chamados novamente para, como protetores, ajudar a manter a ordem e preservar o bem.

Ao chegar encontram o Príncipe Caspian, agora Rei, no comando do navio Peregrino da Alvorada, de onde ele acompanha a paz de seu mundo, mas também onde guarda a preocupação com 7 fidalgos desaparecidos, guardiães de espadas que Aslam criou para preservar a paz no mundo.

O que se vê a seguir é uma aventura com todos os ingredientes que um bom cinema de lazer tem que ter, com referências a boas aventuras no mar como Simbad e Piratas do Caribe, mas com a ética e a moralidade como guia, ao estilo do Senhor dos Anéis.

Bom filme, que agrada a adolescentes e adultos, mas sem deixar de atender também às crianças menores. Segundo meu filho #aos8 uma criança de 5 anos vê e entende bem – eu também desaconselho para menores de 5 porque é um filme longo e algumas cenas podem impressionar.

E abaixo tem um videolog do filme As Crônicas de Nárnia – Viagem do Peregrino da Alvorada com a opinião das crianças @enzobuzz #aos10 e @giorgio_bros #aos8 (autores do @verparacrescer).

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook