empreendedorismo

Só de ouvir falar fiquei assustada: uma pesquisa do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), divulgada em maio de 2012, revelou que o trabalho doméstico ainda é uma atividade predominantemente feminina.

Enquanto 90% das mulheres se dedicam a atividades domésticas não remuneradas, a proporção entre os homens cai para 50%. Em média, as mulheres dedicam 26 horas por semana a serviços domésticos, enquanto os homens, apenas 10 horas.

Quer ver como é muito?

Se trabalhamos “fora” de casa 8 horas por dia e 5 dias por semana, o total de horas trabalhando com remuneração é de 40 horas.

Não posso me colocar neste grupo feminino, faço parte da minoria que tem um marido que ajuda (e filhos que ajudam também), mas se o seu caso é diferente do meu, vou deixar uma sugestão:

Pense aí quanto vale a sua hora de trabalho, multiplique pelo tempo que “cuida” da casa e saberá com exatidão quanto você gera de economia para sua família por ser a pessoa que faz as coisas. Pode ser que, ao ver o valor, seu marido passe a ajudar. E, se ele não fizer, você se sentirá com muito mais direito de se dar pequenos presentes todo mês como pagamento do trabalho invisível.

😉

Posts relacionados:

The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline Estatísticas