educação

“O Mais Feliz é um movimento apartidário e não governamental, que por sua capacidade de trabalho conseguiu juntar empresas dos mais diferentes setores da economia. Tudo e todos em torno de um único objetivo: disseminar a felicidade ou, em termos práticos, incentivar a participação, o envolvimento e a doação para causas sociais, engajando pessoas, levando-as a participar, capacitá-las em causas e tecnologias sociais, promovendo o voluntariado e doações.”

Pelo que me contaram, a cada ano, o “+ Feliz” apóia um determinado projeto social e em 2009 o escolhido é o “Projeto Aprendiz”, conhecido por seu trabalho em favor da educação e responsável pelo “Bairro Escola”, que transforma os mais diversos locais em espaços educativos. Quem participa ganha um selo como certificado.

Posso contar que lembrou demais um projeto que eu já discuti com a @mabegalli e o @carrapatoso na Casa de Cultura Digital? Imaginem como fiquei contente por achar algo assim já sendo concretizado!

Como uma doação 2.0 cá estou eu divulgando, né? A meta do projeto é conseguir que as pessoas se sensibilizem e participem, além de envolver e comprometer a sociedade em geral, assim como fornecedores, clientes e funcionários. Para ajudar, você pode doar dinheiro ou um pouco do seu tempo. Envolva seus amigos neste movimento. Ajude-nos a provar que as causas sociais são um excelente investimento. Rende até o que o dinheiro não pode comprar.

Você pode gostar também de ler:
Segundo estatísticas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Brasil retomou sua economia,
Como envolver os estudantes nas decisões da escola e promover uma cultura de participação?  Nesta
Salvem este nome: Celina Turchi. Ela ganhou o prêmio Prêmio Péter Murányi pelo levantamento inédito

[caption id="attachment_61406" align="aligncenter" width="500"] (Foto: @zhenhappy)

Imaginem que uma pesquisa investigou como valores culturais são transmitidos nas
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline Estatísticas