Mostra Sesc de Artes

Quem avisou foi o @gustavodrums no twitter e adorei ver que a mostra tem um blog. A idéia é oferecer pausas poéticas em vários cantos da cidade (há uma unidade de Sesc em cada micro-região) nesta 12ª edição da Mostra Sesc de Artes que acontece de hoje até 18 de outubro nas diversas unidades do Sesc em São Paulo. Preciso contar que me encantei com a idéia de “respiros poéticos” na rotina da cidade? E sendo fã de Sescs, fiquei desejando tempo para acompanhar uma parte das manifestações. Várias intervenções e performances acontecerão fora das unidades ou em espaços pouco convencionais na intenção de aproximar a arte do cotidiano de São Paulo.

Das manifestações artísticas que me chamaram atenção estão:

  • O projeto “Literatura Celular” enviará diariamente três microcontos para os celulares cadastrados no portal do Sesc. O serviço, que tem curadoria do escritor Marcelino Freire, é gratuito. As letras estão também no “Poema Passageiro” que tem trabalhos de poetas escolhidos por Ricardo Silveira inseridos nas TVs instaladas em ônibus da capital.
  • O artista plástico e cineasta Cao Gumarães recebe uma restrospectiva de seus filmes, longas e curtas, na Mostra. Serão apresentados em torno de 20 trabalhos, no CineSesc e no Sesc Vila Mariana. No site do cineasta, que tem uma ótima programação visual, você pode fazer download de fotos, releases e textos. Tem outros filmes exibidos na Mostra, vale conferir.
  • O grande público deve se esbaldar com intervenções como o gigantesco pato de borracha do holandês Florentijn Hofman, com 12 metros de altura, na região do Sesc Interlagos. Nas paredes do Sesc Paulista, a obra será projetada nas paredes sob a forma de notícias em ícones cadentes, o “Falling Times”, composto de um sistema criado por Michael Bielicky, Kamila B. Richter e Dirk Reinbold (Alemanha / República Tcheca).
  • Boca Suja é composto de guardanapos com poemas impressos e, verdade, vai dar vontade de colecionar. Dezoito e Trinta, trará micro-contos estarão colados em carrinhos miniatura alinhados como num congestionamento. Literatura em Trânsito  promete ser uma reflexão sobre o frenesi do nosso dia-a-dia na metrópole. Há ainda Poça de Poemas, de Alice Ruiz, Poemas para viagemPoesia de Bebedouro Poesia Visual.

A abertura acontece agora à noite no Sesc Pompéia, com a apresentação das “Audiollerinas” do Die Audio Groupe (Alemanha). A programação completa e os endereços das unidades estão no site oficial do evento.

 

Your pictures and fotos in a slideshow on MySpace, eBay, Facebook or your website!view all pictures of this slideshow
Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook