destaque / entretenimento / roteiros

20375630_832986716867518_2002502745345818560_n

No dia 12 de agosto, a Sala São Paulo receberá o espetáculo Al-Mu’tamid, poeta rei do Al-Andalus (1040/1095) – Uma Viagem por dez séculos de música e interculturalidade, que abre a 12ª Mostra Mundo Árabe de Cinema de 2017 (em cartaz em São Paulo de 9 a 16 de agosto).

No vídeo abaixo, é possível ter uma noção, na apresentação que reuniu Filipe Raposo,Janita Salomé e Quiné Teles de Portugal; Eduardo Paniagua e Cezar Carazo de Espanha; El Arabi Serghini e Jamal Ben Allal do Marrocos. Os três estarão aqui no evento que Fundação Osesp, Instituto de Cultura Árabe (ICArabe) e Câmara de Comércio Árabe Brasileira trazem pela primeira vez ao Brasil, apresentando a música e a poesia do século XI, seguindo a rota do rei-poeta Al Mut’amid no norte da África e Andaluzia.

O caminho e a região têm um apelo sentimental para nossa família. A avó de meu marido, Maria Del Carmen Álvares Spinpuerta, nasceu na Andaluzia e mesmo tendo vivido 100 anos no Brasil, nunca mudou de nacionalidade, conservando sua cidadania espanhola com imenso orgulho até o fim. 

Os bisnetos a conheceram e terão alegria em ver um pouco do que era o caldeirão cultural de onde os ancestrais vieram e que, certamente, lhes dá o aspecto de Oriente Médio e os apelidos árabes apesar dos sobrenomes do Japão e de Portugal. 

E o legado andalusino (andaluz?) é essa mescla mesmo:

“O Al-Andalus foi um espaço de convivência de povos e identidades, que partilharam o território do Sul da actual Península Ibérica desde o início do século VIII até meados do século XIII. Árabes, Berberes, Judeus, Hispano-Romanos e Hispano-Godos, coexistiram de forma tolerante, respeitando a identidade de cada um, exceptuando dois períodos em que tribos fanáticas e obscurantistas desvirtuaram esse clima de tolerância e respeito mútuo, impondo a verdade absoluta própria dos ignorantes.”
Frederico Mendes Paula em Histórias de Portugal e Marrocos.

640px-andalucia_por_provincias

Andaluzia (Andalucía em espanhol) é uma comunidade autônoma de Espanha, localizada na parte meridional do país, limitada, a oeste, por Portugal; a norte, pela Estremadura, Castilla-La Mancha e Múrcia; e, a sul por Gibraltar e banhada por Oceano Atlântico e Mar Mediterrâneo, numa costa com cerca de 910 quilômetros. A sua capital é a cidade de Sevilha, onde tem, a sua sede, a Junta de Andaluzia, enquanto que o Tribunal Superior de Justiça de Andaluzia tem a sua sede na cidade de Granada.

O seu nome provém de Al-Andalus, nome que os muçulmanos davam à Península Ibérica no século VIII.

Somos um pouco de todos os lugares, não é mesmo? Creio que experiências culturais assim nos mostram que não há fronteiras que separem os humanos em suas identidades. 

Fernando Pessoa disse:

“Não há profundo movimento português que não seja um movimento árabe, porque a alma árabe é o fundo da alma portuguesa.”

 alma-portuguesa-arabe-fernando-pessoa-legando-andalusino

O concerto que os paulistas poderão ver em agosto é acompanhado pela projeção de imagens que documentam a viagem pelo território da sua vida, testemunhando e atualizando todo o imaginário de uma relação territorial e cultural secular.

Segundo o curador do concerto e da mostra de cinema, Geraldo Adriano Campos, “o espetáculo Al-Mu’tamid converge perfeitamente com o tema de curadoria da 12ª Mostra Mundo Árabe de Cinema de 2017, que é ‘territórios que me atravessam”. Ele avalia que, ao trazer pela primeira vez para o público brasileiro essa experiência de uma viagem pela Andaluzia do século XI, “o espetáculo nos remete ainda a um outro Brasil, às camadas históricas que fazem parte da formação da própria música brasileira em suas matrizes árabes e ibéricas”.

Saiba um pouco mais destas entidades que, no século XXI, aproximam nossos povos:

A Câmara de Comércio Árabe-Brasileira representa 22 países árabes, foi fundada em 1952 e tem como missão aproximar comercialmente o Brasil dos países árabes, incrementando intercâmbios culturais e turísticos entre árabes e brasileiros. A entidade oferece diversos serviços de apoio ao comércio bilateral, como certificação de documentos, informações sobre mercados, traduções, eventos e workshops. Disponibiliza, também, o Espaço do Conhecimento Comercial, um centro de referência para pesquisas das relações entre o Brasil e os países árabes. 

A Liga dos Estados Árabes foi criada em 1945, no Cairo e conta com 22 membros: Arábia Saudita, Argélia, Bahrein, Qatar, Comores, Djibouti, Egito, Emirados Árabes Unidos, Iêmen, Iraque, Jordânia, Kuwait, Líbano, Líbia, Marrocos, Mauritânia, Palestina, Síria (suspenso), Omã, Somália, Sudão e Tunísia.

Segundo o Itamaraty, em 2014, o Conselho da Liga concordou em acreditar o Embaixador do Brasil no Egito como Representante Especial do Brasil junto à Liga dos Estados Árabes, significativo passo para o estreitamento das relações do Brasil com aquela organização e com os países árabes. Oficialmente, o Brasil está presente  em 17 dos 22 países que integram a Liga, com a mesma quantidade de Embaixadas aqui e lá.

De 2002 a 2013, o comércio com os países da Liga Árabe passou de US$ 4,9 bilhões para US$ 25,4 bilhões (saldo de US$ 2,6 bilhões para o Brasil em 2013).

Agenda cultural:

  • Al-Mu’tamid, poeta rei do Al-Andalus (1040/1095) – Uma Viagem por dez séculos de música e interculturalidade
  • Dia 12 de agosto de 2017, às 22h
  • Local: Sala São Paulo
  • Endereço: Praca Julio Prestes, 16 – Campos Elíseos – São Paulo-São Paulo
  • Ingressos: R$ 30,00 (inteira) | R$ 15,00 (meia) à venda na Bilheteria da Sala São Paulo ou pelos demais canais da Ingresso Rápido – (11) 4003-1212 ou www.ingressorapido.com.br

 

  • 12ª Mostra Mundo Árabe de Cinema de 2017
  • De 9 a 16 de agosto de 2017
  • Local: Cinesesc
  • Endereço: R. Augusta, 2075 – Cerqueira César, São Paulo – SP, 01413-000. Telefone: (11) 3087-0500
Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline Estatísticas