Mooca é o bairro com pior ar de SP

“O nível de ozônio na região chegou a 203, enquanto o recomendado é que não ultrapasse 101 – o que contribuiu para que a poluição no bairro fosse considerada a pior entre as 40 regiões do Estado com medição da Cetesb, incluindo a região industrial de Cubatão.”

Vista da radial leste na manhã desta segunda-feira (28). Ar seco aumenta concentração de poluentes no ar da capital paulista  (Foto: Julia Chquer/R7)

Eu até queria achar um título melhor e não copiar a matéria que li por indicação da @lidifaria, mas não dava para não “gritar” que o bairro que eu moro está em estado de emergência. Segundo a reportagem de Diego Zanchetta e Rodrigo Burgarelli, o nível de ozônio na Mooca chegou a 203 no domingo, o que contribuiu para apiora da qualidade do ar. Mas não é tudo: estou na região de São Paulo com a pior qualidade do ar na última semana, único classificado como ‘mau’ pela Companhia de Saneamento Ambiental do Estado (Cetesb). Segundo o artigo, na semana que passou o ar se tornou pior nas dez áreas da cidade em que as medições são feitas.

E para quem pensa que o agravante foi a falta de verde na Mooca, vale contar que o ar foi considerado inadequado em três regiões da cidade – Parque d. Pedro II, Freguesia do Ó e Ibirapuera – e o “culpado” pode ser você mesmo: o excesso de ozônio e a dificuldade de dispersão de partículas nos locais próximos às vias mais movimentadas da cidade são algumas das explicações para o que aconteceu na Mooca ter acontecido também no Ibirapuera. A explicação:

“A massa de ozônio se movimenta na atmosfera. Domingo houve um aumento na Mooca, mas isso também já ocorreu na área do Ibirapuera. É um fenômeno comum em regiões onde há uma grande liberação de gases dos veículos automotores”, afirma Maria Helena Martins, gerente de qualidade do ar da Cetesb.

Viram onde nós, motoristas, entramos?

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook