Monumentos de São Paulo


monumento-as-bandeiras-sao-paulo
Continuando o papo paulistano aqui, lembrei desta mostra e site que valorizam alguns dos monumentos em espaços públicos, com ênfase nas obras de Victor Brecheret e Galileo Emendabili. Chamou minha atenção porque ainda vale a máxima de que o Brasil é um país sem memória e gostaria muito de imaginar que esta visão pode mudar com as próximas gerações. Quando mudamos para São Paulo nossos primeiros finais de semana foram como turistas, passeando com os meninos por lugares que já conhecíamos (e achávamos lindos) e por outros que descobrimos juntos.


A exposição Monumentos de São Paulo é patrocinada pelo Grupo Gerdau (não ganhei nada deles, mas, vamos combinar, quem patrocina cultura merece ter o nome citado sempre!), a Secretaria de Estado da Cultura e a Associação dos Ex-alunos do Liceu de Artes e Ofícios de São Paulo. Consta que o objetivo inicial do trabalho era o de catalogar as obras realizadas por representantes da escola, mas o envolvimento do Instituto Gerdau e da Secretaria de Estado da Cultura possibilitou a ampliação do projeto, agregando as demais obras de arte instaladas em logradouros e construindo um panorama do grande acervo público das obras de arte da cidade de São Paulo. E quem sai ganhando somos nós! 🙂

Quem não mora aqui pode conferir o levantamento das obras no catálogo eletrônico Monumentos de São Paulo. A idéia é resgatar a memória das obras localizadas em vias públicas, facilitando o acesso dos paulistanos aos locais onde estão instaladas. Até o momento são 261 monumentos cadastrados, mas estão previstas as inclusões de mais 83 obras, localizadas no Parque da Luz, Cidade Universitária e Parque do Ibirapuera. O site oferece ficha técnica, localização e divide as obras por artista, proporcionando uma visão completa de seu trabalho na cidade de São Paulo. Na sua próxima visita a Sampa, não deixe de ver as obras que estiverem no seu caminho. Com certeza você vai passar por várias e depois vai se arrepender de não ter percebido que era um patrimônio cultural. 😉

O foco da exposição na Assembléia são as obras de escultores ex-alunos ou mestres do Liceu, instituição que em 2008 completa 134 anos. Quadros explicativos que detalham a história de a contribuição do Liceu para os monumentos paulistanos ajudam a compreender o momento em que as obras passaram a integrar o ambiente urbano e painéis com recortes que realçam detalhes de monumentos de Victor Brecheret (Monumento às Bandeiras, Ibirapuera, e a estátua de Duque de Caxias, Praça Princesa Isabel), Galileo Emendabili (Monumento a Ramos de Azevedo, atualmente na Cidade Universitária), Luiz Brizzolara (Monumento a Carlos Gomes, Praça Ramos de Azevedo), Amadeo Zani (Glória Imortal aos Fundadores da Cidade de São Paulo, Pátio do Colégio) e Ettore Ximenez (Monumento da Independência, Parque da Independência).

As fotos da mostra são de autoria de Cícero Silva, e a curadoria da exposição fica a cargo de Paulo César Silveira. “O projeto Monumentos de São Paulo têm como base o tripé Cultura X Educação X Tecnologia, permitindo que o cidadão conheça o acervo de sua cidade e possa localizá-lo de forma fácil e rápida”, diz o curador.

Serviço

  • Monumentos de São Paulo
  • 1º a 11 de abril, das 9h às 19h
  • Espaço Cândido Portinari
  • Assembléia Legislativa – Av. Pedro Álvares Cabral, 201, Ibirapuera
  • Informações: (11) 3886-6432

P.S. Google me deu um presente enquanto eu procurava um link para este post. Descobri um blog só sobre Esculturas e Monumentos em São PauloEsculturas, painéis, entalhes, estátuas, adornos escultóricos, obras e monumentos artísticos em espaços públicos. Por estas e outras eu adoro blogs!

P.P.S. Outro dia voltei da Vila Madalena à noite e ao ver este Monumento às bandeiras (que ilustra o post) iluminado, tive um impacto! Como a cidade é linda quando tem menos trânsito e quando estamos menos estressados!

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook