mãe
Fiuk e Fabio cantando juntos no Domingão do Faustão

Fiuk e Fabio cantando juntos no Domingão do Faustão

Estou no mailing da assessoria de alguns artistas e dentre eles está Fábio Júnior, galã da minha infância. Cabocla, aquela novela na qual ele e Glória Pires se apaixonaram, foi uma das primeiras que eu lembro de ter acompanhado, ainda muito pecorrucha. Eu sabia, por alto, que ele tinha casado várias vezes e tinha alguns filhos além da já famosa Cléo Pires. Mas não tinha noção de detalhes e, instigada pelo Gui, que ficou curioso para saber quem é a mãe do Fiuk (Filipe Galvão), fui fazer uma pesquisa básica. A mãe é a artista plástica Cristina Kartalian, que tem mais duas filhas da sua união com Fábio, Tainá e Kryzia – gente, eu tentei, mas não achei fotos da Cristina! Ele morava com a mãe quando, aos 12 anos, já querendo ser músico, decidiu ir morar com o pai e acompanhá-lo em turnê pelo Brasil. Segundo li numa reportagem

“Assim que comecei a me entender como gente, quis morar com ele. Meu pai fazia muitos shows, não podia estar comigo e eu sentia muita falta dele”, diz Filipe, que passou um ano trabalhando de roadie na produção dos shows do pai. Carregava caixas e montava equipamentos. Segundo conta, a equipe não sabia que ele era filho de Fábio Jr., mas ficava impressionada com a semelhança física entre os dois. Pai e filho têm muitas características em comum. Os dois são escorpianos e gostam de comer bife no pão francês no café-da-manhã. “Só não falo ‘obrigaduuu’ e não coço o cabelo, mas volta e meia me pego fazendo coisas que nem ele”, fala Filipe. Fábio Jr. concorda: “Caramba! Eu acho que o Filipe tem um pouco de tudo parecido comigo, até a fala e expressões que eu uso”. fiuk aos 12 anos com o pai fabio junior.bmp-1


Por que eu me identifiquei tanto? Ora, como sabem, eu fiquei com meu pai quando ele e minha mãe se divorciaram e sei como é. Na época, por acaso, meu pai foi o maior incentivador no meu desejo de ter uma bandinha, aprender música, não só comprando instrumentos musicais para mim, mas me acompanhando de perto nos estudos diários (música parece brincadeira, mas exige dedicação diária). E confesso que, nas minhas pesquisas, gostei de saber que o Fábio Jr, galã da minha infância, é uma pessoa “normal”. Vejam se não cabe naquele papo de que pai “é tudo igual, só muda de endereço” nestas declarações:

“Eu sou exigente, mas agora ele vai bem [na escola]. Está na faculdade (cursa o 1o ano de propaganda e marketing, na Universidade Paulista) e tira notas boas. Eu o apóio, incentivo e converso muito, com base em tudo que vivi [como artista]. Mas o básico é sempre ter respeito por todos e sempre ter o pé no chão, consciente e determinado”.

E agora, para as fãs do cantor que me visitam no post E o Fiuk tem a voz do pai (onde postei um vídeo do cantor nos bastidores do programa), uma série do novo gatinho da Malhação ID. fiuk .bmp-1 😉 [update] A equipe do site de ‘Malhação ID’ lançou um calendário com fotos dos personagens, que está disponível para download. São doze opções de imagens, o público imprime os arquivos para montá-los de maneira personalizada. O descontraído ensaio fotográfico foi feito em vários ambientes do Primeira Opção, com Cristiana (Cristiana Peres), Bernardo (Fiuk), Beto (Murilo Couto), Domingas (Carolinie), Samira (Thaís Botelho), Reco ( Daniel Belmonte), Isabella Dionísio (Maria Claudia), Bia (Mariana Molina) e Tati ( Elida Muniz). Também participaram os casais Rita (Olívia Torres) e Bimba (Cristiano Sauma) e Lucca (Erik Vesch) e Valentina (Júlia Bernat), além do trio de amigos Juju (Rafaela Ferreira), Rodrigo (Rick Tavares), Jotapeg (João Maia). Veja com exclusividade o Making Of da sessão de fotos e dos bastidores da rotina de Fiuk na Malhação: [/update]


Você pode gostar também de ler:
  Esse texto é para você, que assistiu o filme e está fritando para ler
Aziz e Fatima Ansari em Master of None No mês das
A gravidez na adolescência teve uma queda de 17% no Brasil segundo dados preliminares do
Estudo comprova que a necessidade evolutiva de proteger o bebê expande habilidades das mães Uma
Ali Wong - Baby cobra Nesse final de semana vi "Ali
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline Estatísticas