Mom+Social #globalmom

Hoje é um dia muito especial: dia de celebrar a maternidade e nos colocarmos ativamente na busca por uma sociedade na qual todas as mães (e seus bebês) tenham chances de uma vida digna, feliz e justa. Estou ligada no evento internacional Mom+Social no streaming neste link.

Concordam que é uma necessidade premente reunir pessoas do bem para usar a internet e as redes sociais para conectar pessoas no mundo todo com o objetivo de empoderar mulheres e assim criar uma sociedade mais justa na qual queremos que todos vivam, com plenos direitos? E que podemos fazer isso, usar nossos espaços para falar sobre a miséria humana que é termos que nos unir para lutar para que, como diz uma das áreas da campanha, “mães e filhos sobrevivam ao primeiro dia de vida”?

Enquanto aqui, em países como Brasil, discutimos a presença de doulas na sala de parto e o direito ao parto domiciliar, em vários países mulheres dão à luz sem qualquer condição e seus bebês correm sérios riscos de vida desde o primeiro momento por falta de estrutura. Temos que reagir a isso e nos solidarizarmos com estas famílias que merecem nosso apoio, nossa força, nossos espaços de mídia social e nossas vozes.

Reunir estas pessoas do bem é o objetivo de um evento que acontece hoje em Nova York. O “Mom+Social” é um dia especial realizado pela United Nations Foundation e reune pessoas e entidades ligadas à mídia social, tecnologia, terceiro setor e voluntários em ações sociais para pensarem sobre a maternidade, sobretudo como podemos melhorar a condição de saúde de mães e filhos em todos os cantos do mundo.

Assista os vídeos, acompanhe as ações e venha fazer parte deste grupo com a gente!

Se este assunto também lhe toca o coração, conheça a proposta para ver que não está só: são milhares de pessoas apaixonadas ao redor do planeta trabalhando com o mesmo objetivo, o de salvar vidas, empoderar mulheres, apoiar famílias. É possível acompanhar tudo que acontece no encontro nas redes sociais e no streaming em vídeo (em inglês), aproveitando as ideias, os prêmios, as inspirações para mudar esta realidade.

Veja o site (unfoundation.org/momplussocial), acompanhe o Facebook e o Twitter (@unfoundation).

Traga sua voz para cá: acompanhe e digulgue ideias e inspirações usando a hashtag #globalmom 🙂

601757_10151690870005934_1899218184_n

Minha gratidão a Aaron Sherinian, vice-presidente de comunicação e relações públicas da UN Foundation. Conheci-o na primeira noite do seminário Social Good Brasil e ele gentilmente veio conversar comigo (o que foi uma das maiores honrarias da minha vida!) porque sabia da minha atuação como mãe blogueira (no @maecomfilhos e aqui no @avidaquer) e lembrava da minha participação no primeiro Social Media Day promovido pela Mashable em 2010. Foi ele quem me apresentou com grande entusiasmo do projeto Shot@Life, que educa, conecta e empodera pessoas a realizarem campanhas de vacinação infantil em países em desenvolvimento. O que para nós parece pouco (afinal, temos excelente cobertura de vacinação e somos um país que já erradicou as mais graves doenças infantis contagiosas), tem enorme significado para outros locais do planeta.

E, atendendo ao convite do Aaron, há meses estou em contato com Jennifer James, fundadora do Mom Bloggers for Social Good, e recentemente começamos a conversar com seriedade sobre criar uma célula deles por aqui. Estou certa de que muitas mães querem atuar nesta área e fico feliz por poder usar estes meus meses de licença-maternidade para começar a voluntariar nesta área. Para começar, pretendo usar o maecomfilhos.blog.br para traduzir e divulgar por aqui as iniciativas do movimento. Depois, com o tempo, quem sabe o que mais podemos criar?

😉

Conheça o trabalho deste grupo de mães que se importam e entenda como trabalhamos, usando nossos espaços de mídia social para fazer o bem. Siga-nos também nas redes sociais: Google +Twitter,  Facebook,  PinterestYoutubeTumblr.

Gostou? Vem, gente! E convide das amigas! Aposto que você conhece muitas mulheres e mães que se importam muito e querem ter voz para mudar o mundo. 

😉

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook