Crianças estão a três cliques de conteúdo impróprio no YouTube

YouTube, Kaspersky Lab, Vídeos musicais de violência, Vídeos musicais de armas, Vídeos musicais de nudez , David Emm, dispositivos móveis, Controle de pais, conteúdo duvidoso, Modo de segurança do YouTube, Lazy Town, Sesame Street, Dora the Explorer,

Esta me deixou impressionada: pesquisa realizada pela Kaspersky Lab afirma que as crianças podem estar a três cliques de distância de conteúdo inadequado ou adulto no YouTube.

Aqui já tentei muitas coisas para controlar o acesso aos conteúdos no site de vídeos – temos até uma história que já contei muitas vezes em palestras e entrevistas, de que meu filho com 6 anos driblou meus filtros de conteúdo baixando um navegador diferente para entrar no site! – e o jeito foi fazer o que especialistas hoje indicam: ficar junto e orientar.

A pesquisa analisou os vídeos “sugeridos” pelo YouTube (aqueles que ficam ao lado de clipes ou programas de televisão infantis populares) e descobriu que, em média, os usuários estão a apenas três cliques de distância de conteúdo mais adequado para um público mais maduro.

Vídeos musicais de violência, armas, nudez e de acidentes de carro são alguns exemplos do conteúdo impróprio que está apenas alguns cliques de distância no site de compartilhamento de vídeo. Estes resultados destacam os riscos potenciais caso não haja um controle dos pais, mesmo quando as crianças estão navegando sozinhas.

Segundo o pesquisador sênior de segurança Kaspersky Lab, David Emm, apesar da tentação de aproveitar a popularização dos dispositivos móveis, jogos online e aplicativos como meio de entreter e estimular a inteligência das crianças, alertas como este destacam a importância de tomar medidas para proteger os menores.

Ter controle dos pais é vital e pode ser altamente eficaz no combate ao conteúdo duvidoso. O modo de segurança do YouTube tem como objetivo ajudar os pais a controlar o acesso a conteúdo inadequado, mas não pode fornecer proteção de 100%.

O modo de segurança oferece ao usuário a opção de não exibir conteúdo que possa ser ofensivo, mesmo que esteja de acordo com as Diretrizes da comunidade. Quando você ativar esse modo, os vídeos com conteúdo adulto ou que tenham restrição de idade não aparecerão na pesquisa de vídeos. Embora não possamos garantir a precisão absoluta dos filtros, usamos as sinalizações da comunidade, a detecção de imagens pornográficas e ocultamos comentários controversos para identificar e ocultar conteúdos impróprios. O Modo de segurança do YouTube não remove o conteúdo do site, apenas o retira da página exibida aos usuários optantes do modo.

YouTube, Kaspersky Lab, Vídeos musicais de violência, Vídeos musicais de armas, Vídeos musicais de nudez , David Emm, dispositivos móveis, Controle de pais, conteúdo duvidoso, Modo de segurança do YouTube, Lazy Town, Sesame Street, Dora the Explorer,

YouTube, Kaspersky Lab, Vídeos musicais de violência, Vídeos musicais de armas, Vídeos musicais de nudez , David Emm, dispositivos móveis, Controle de pais, conteúdo duvidoso, Modo de segurança do YouTube, Lazy Town, Sesame Street, Dora the Explorer,

Siga as instruções abaixo para acessar e ativar o Modo de segurança:

  • Clique em “Modo de segurança”, no final de cada página, para abrir a configuração de preferências
  • Selecione a opção “Ativado” e clique em “Salvar”
  • O Modo de segurança está ativado.

Ficou curioso sobre as buscas que levam a cenas inadequadas? Veja abaixo alguns termos usados na pesquisa:

  • Lazy Town: 2 cliques de distância de Supersize Me documentário
  • Sesame Street: 2 cliques de distância de vídeo de acidentes e cenas de uma mulher dar à luz
  • Dora the Explorer: 4 cliques de distância de um videoclipe e vídeo com nudez

Como proteger sua família?

  • Supervisione o uso do seu filho internet. Incentive-os a visitar e permanecer em sites que você está familiarizado. Se você tiver alguma dúvida, você pode olhar no histórico de navegação e conversar sobre os sites. Certifique-se de saber sobre quaisquer sites estão protegidos por senha que eles podem acessar e peça para eles compartilharem detalhes de seu login com você.
  • Incentive seu filho a ser aberto sobre o que está fazendo on-line e com quem ele se comunica. Promova uma cultura de segurança dentro de casa e fale sobre os possíveis perigos que existem.
  • Use o controle dos pais para sites que você não quer que seu filho visite. Isso é parte de seu produto de segurança on-line – é uma maneira fácil de evitar situações desconfortáveis.

Posts relacionados:

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook