Misses

http://i40.photobucket.com/albums/e219/bnb3825/Tom_cruise_oprah.jpg

Quando a miss Japão Ryo Mori desbancou a miss Brasil Natália Guimarães, ouvi umas barbaridades sobre a pobre japonesa. Na época eu comentei num post que elas poderiam ser primas, numa realidade que o Brasil – na comunidade nipo-brasileira que nesta semana completa cem anos de imigração – tem em vários locais, inclusive em Minas Gerais, de onde vem Natália. Hoje ao acaso achei estas fotos das duas juntas em março em Tokyo e não resisti: parecem ou não primas como temos aqui no Brasil?

No centenário da imigração o que vejo é que poucas familias não tem um parente casado com um nissei ou sansei, um amigo do peito que seja “japa”, enfim, uma Neusinha Sakai (a famosa primeira namorada do Pelé), um pedacinho do coração que tenha o olhinho puxado! E viva o Brasil que recebeu tanta gente e soube aceitar a todos como filhos queridos!

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook