a vida quer

network2.jpgTenho feito ouvidos moucos aos e-mails dos amigos que reclamam da minha ausência… O fato é que sigo me ajustando à rotina do novo trabalho, em meio a muito aprendizado sobre widgets e afins, alguns acertinhos que me animam, outros erros (que dão vontade de arrancar os cabelos). Acima de tudo, estar numa rede (com coworkers) me fez relembrar uma coisa bárbara: não posso escrever sobre midia social e a importância de coworking e ficar desesperada com o que é só material (recuperável ou irrecuperável, mas enfim, uma coisa material) se eu tenho PESSOAS à minha volta que valem mais do que isto. Esta é uma coisa boa de se lembrar e dois novos amigos me ajudaram ontem a reviver a idéia. Obrigado Gabriel e Helton. 😉

Agora respondendo oficialmente ao comentário, continuo reorganizando a reformulação e migração do blog, mas “casa de ferreiro, espeto de pau”, porque ajudo outros comnpartilhando o pouco que sei, mas os meus blogs estão ficando sem as melhorias necessárias. Em meio à formatação e aqui eu lembrei ontem de comentar uma coisa fundamental: façam backup dos arquivos do blog. Eu sempre faço nos meus, é hábito antigo. Tem uma modalidade em que se salva tudo, post, links, comentários, tudinho e em segundos, tanto no wordpress (no administrativo é só ir para aba gerenciar, exportar) quanto no blogger (tenho que olhar lá, já esqueci de algumas coisas do blogger). Vou até olhar no Quero ter um blog! se tem dicas para o backup e farei post aqui depois. 🙂
Do novo trabalho, o que dizer? As primeiras reuniões, com executivos e autores, foram ótimas, reforçando o desejo de que o Nossa Via seja um canal de troca entre leitor e autor e que neste ponto esteja o diferencial dele e dos sites. E ontem o Nossa Via levou, oficialmente, sua ação como mídia social para dentro do portal Pop. Escrevi sobre esta migração meio denorex (parece, mas não é, porque não mudamos de endereço, só entramos na rede) lá ontem e comentei como estou vendo o site neste momento. O momento é este, podem crer. Vamos ver que mudanças acontecerão na blogosfera – ops, na mídia social neste ano.

“Vejo o Nossa Via como uma mídia social que oferece temas e asssuntos diversos, opinativos e inteligentes, com um conteúdo “de revista semanal ou o jornal de domingo”. [Como blog] Somos diferentes destes dois porque temos um elemento unitivo ainda inexistente ou inexplorado na mídia tradicional: a troca entre leitor e autor, o crescimento e desenvolvimento integrado.
Caixa de Pandora, ontem no Nossa Via. Leia o texto aqui.
Você pode gostar também de ler:
  Killa P. deu a letra, Patti Cake$ eu fui ver. Um filme irado, é
Photo by Heidi Sandstrom. on Unsplash Primeiro post da segunda metade
Hoje estava lendo num do facebook, o pessoal tirando um sarro de uma entrevista da
Muita gente se pergunta...afinal faz sentido usar um protetor térmico toda a vez que uso
A nova modinha entre as vlogueiras de Beleza gringas são 100 camadas de alguma coisa,
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline Estatísticas