sustentabilidade

Estou acompanhando o #riafestival nesta quarta e quinta, sabendo que ao mesmo tempo acontece outro evento interessantíssimo para quem apóia as iniciativas Creative Commons: Fórum Onda Cidadã, um debate sobre o Mapeamento das Mídias Livres no Brasil do Programa Onda Cidadã.

Iniciado no ano de 2009, o mapeamento, composto por mais de 300 iniciativas de midialivrismo e ativismo cultural, identifica veículos de comunicação por elas utilizados, as formas de sustentabilidade, as metodologias de trabalho, os tipos de profissionais, os públicos preferenciais, enfim, toda uma gama de informações sobre a cadeira produtiva do que tem se chamado de “cultura livre” no Brasil.

Aguardarei os resultados do Fórum, que promete comunicar os próximos passos do projeto e articular com o grupo como o programa Onda Cidadã pode contribuir para a cultura livre do país. Acompanho há anos o trabalho de alguns dos envolvidos neste evento, que são chamados de midialivristas (denominação interessante!) e ativistas culturais de todas as regiões do Brasil, que estão sendo entrevistados para documentar, em vídeos, suas histórias na produção da cultura livre brasileira. Essas entrevistas serão publicadas no site do Onda Cidadã, que terá como meta ser um site que reúne história e análise do midialivrismo.

Destaco um dos envolvidos no encontro, pessoa que conheço pessoalmente e cujo trabalho acompanho há anos: Rene Silva dos Santos, o “menino” do Voz das Comunidades, projeto que começou como um jornal da comunidade de Vila Cruzeiro, zona norte do Rio, que começou a fazer jornalismo aos 11 anos trabalhando no jornalzinho da escola onde estudava. Histórias assim é que nos animam a pensar no valor de divulgarmos e apoiarmos a ideia do “midialivrismo” ou da mídia livre para formação continuada de nossa cidadania.

O Onda Cidadã é um programa permanente do Itaú Cultural que busca analisar a produção das mídias autônomas e fomentar conhecimentos que sirvam de base para qualificar o campo da cultura livre no país. O termo Onda deriva das rádios livres e comunitárias, primeiras experiências de midialivrismo que o Onda Cidadã, em 2003, reuniu, mobilizando pessoas e emissoras de rádio comunitárias, públicas e universitárias a fim de estabelecer uma rede de troca de informações e experiências entre profissionais e dirigentes do setor. Atualmente, o programa congrega e reúne toda uma gama de realizadores midialivristas de diferentes linguagens (digitais, impressas, fotográficas, audiovisuais, sonoras, performáticas e muito mais.

 

The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Latest posts by Sam @samegui Shiraishi (see all)


Comentários no Facebook

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline Estatísticas