MidíaAmérica: indicada para crianças e adolescentes?

828793_television.jpg
Tenho discutido aqui a mídia e o que ela traz às nossas famílias, em termos de crescimento ou “embotamento” cultural. Hoje começa no Rio de Janeiro um encontro que discutirá a mídia num contexto maior, o das Américas, analisando o cenário em que é produzida, pontos comuns e diferenças, considerando as questões éticas, estéticas, políticas e econômicas. É o 3º Encontro Internacional RIO MÍDIA. O tema de 2007 é sugestivo: MidíaAmérica: indicada para crianças e adolescentes?
A promoção é da Prefeitura do Rio de Janeiro (através da MULTIRIO e do Centro de Referência em Mídias para Crianças e Ad
olescentes – RIO MÍDIA) em parceria com a Agência de Notícias dos Direitos da Infância (Andi), que promoverá, no mesmo período e local, o I Colóquio mídia e agenda social: desafios para a formação de estudantes e profissionais de comunicação.
Discutir o produto de mídia oferecido à população me parece um grande avanço social. E, da mesma forma que a consciência ecológica e a cidadania funcionam quando ensinadas aos pequenos (na linha do ditado “É de pequenino que se torce o pepino”), fico feliz por ver um fórum paralelo para estudantes de comunicação.
Entre os participantes já confirmados estão Ronaldo Lemos, coordenador do Centro de Tecnologia e Sociedade da Fundação Getúlio Vargas e do Projeto Creative Commons no Brasil; Luiz Fernando Carvalho, diretor de cinema e TV; Dixie Feldman, diretora editorial da The N – MTV Networks (EUA); e Susana Velleggia, coordenadora do Festival Internacional de Cinema Nueva Mirada para a Infância e Juventude (Argentina).Entre no site do Rio Mídia e conheça o programa do encontro, a relação dos palestrantes e a programação especial da MULTIRIO. Para participar, clique aqui.

banner_encontro-riomidia.gif

Serviço:

  • 3º Encontro Internacional RIO MÍDIA
  • data: de 16 a 19 de outubro
  • local: Planetário da Gávea
  • rua Vice-Governador Rubens Berardo, 100 – Gávea- Rio de Janeiro, RJ
  • fone: 2274-0046
  • Você pode gostar também de ler:
    The following two tabs change content below.
    Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.