cultura web

meu momento rexona

Hoje eu vivi uma situação embaraçosa e honrosa: saiu no site do Rexona um perfil meu. Engraçado que quando se trata de contar que #meusamigossaoumsucesso eu não penso duas vezes, mas quando me vi lá fiquei sem jeito.

Aí a @clakruger que me conhece há anos e é amigona da família lá em Curitiba me mandou um tweet dizendo que leu tudo e que me viu por lá. Sabem que eu também achei que está um retratinho legal? Mas, por falar em retratinho, faltou um meu com o meu amor – eu tenho este estigma de ser “mãe 2.0”, aí não tem lugar para uma mulher que ama e é amada, fico mãe assexuada mesmo! (risos)

Quem quiser ver pode ir lá no site. Depois eu posto aqui também.

[update]

A entrevista na íntegra

Hoje vamos conhecer mais um pouquinho da Sam do blog “A vida como a vida quer”. A Sam é mãe de dois filhos lindos e uma blogueira inveterada, amante da tecnologia e das palavras. Com vocês, Sam Shiraishi!

Idade, Cidade e Signo
36 anos, nasci no Paraná, já morei em Curitiba, Tokyo e há 4 anos sou paulistana e mooquense.

Última compra
Tecidos especiais para costurar uns vestidos de primavera. Meu hobby é costurar para mim mesma, mania que começou porque sou do tipo mignon e não achava roupas legais para o meu tipo.

Um livro
Atualmente estou lendo Mundos de Eufrásia, de Claudia Lage, Ed. Record. Ela foi uma mulher incrível, milionária, bonita, culta e empreendedora, abolicionista que namorou Joaquim Nabuco e a primeira mulher a entrar na Bolsa de Valores de Paris para fazer negócios. 🙂

Por que abriu o blog?
O primeiro, já com a temática de comportamento e consumo de cultura em família que tem no A Vida Como A Vida Quer, foi para contar dos passeios que fazia com meus filhos quando mudamos de Curitiba para Sampa. Recentemente criei um novo com minha irmã, @blogdati, para falar de “futilidades” e do que #temestilo, o Sacolão de Estilo.

3 sites/blogs favoritos

www.estilovanguarda.com.br

www.modaparausar.com

www.mdemulher.com.br

O que é luxo para você? E lixo?
Sigo a máxima do “mais é menos” e acredito que mais importante do que ter luxo (leia-se investimento financeiro) envolvido, é importante ser fiel aos seus princípios (que vão além da aparência, têm a ver com sustentabilidade, estilo de vida, momento de vida, lugar onde vivemos) e ao que você de fato é. Lixo é tentar ser o que os outros querem porque é desperdício de dinheiro, tempo e vida.

Onde você estava há 5 anos? E Onde quer estar daqui a 5?
Há cinco anos que morava em Curitiba e onde fazia assessoria de imprensa para artistas locais – um ator (Digo Kozievitch) e uma dupla sertaneja (Willian e Renan) – e escrevia como correspondente de uma revista canadense para comunidade lusófona de lá (Sotaque Canadense). Meus filhos eram quase bebês e eu achava que fazer 30 ia ser um marco… Daqui a 5 anos quero estar em forma – fisica e mentalmente – para ser mãe de adolescentes e uma “tia” legal e antenada nas novidades (me orgulho de ser geek, early adopter e heavy user de tanta coisa hoje que quero manter a fama!) e espero continuar com os bons amigos e companheiros que tenho feito nesta área de mídia social, ciente de que na minha área tudo pode mudar até lá.

Filme que sempre assiste quando passa
A walk in the clouds, com Keanu Reaves é um dos meus favoritos. Mas eu amo cinema e adoro suspenses e sci-fi, por isso quando reprisam bons filmes destes gêneros eu revejo e canso a platéia porque decoro cenas e falas. E amo trilhas sonoras, por isso, até canto trechos. (risos)

 

Música que não sai do repeat
The boy with the thorn in this eyes, The Smiths, e Boys don’t cry, The Cure. Adoro rock inglês.

Quando você era criança queria ser o que? E qual a sua profissão atual?
Queria ser professora ou psicóloga. Mas minha mãe tem uma gravação bárbara em que eu, aos sete anos, finjo ser correspondente ninternacional e entrevisto minha irmã como uma cientista internacionalmente famosa. Hoje ela é médica e eu sou jornalista!

 

Se você fosse uma celebridade ou personagem seria
É raro encontrar uma personagem feminina que tenha uma vida feliz como mulher, mãe e profissional, creio que este é um novo paradigma que a minha geração está tendo a chance de viver. E eu gostaria de ser sempre mulher, amo os homens (tenho 3 amores, marido e 2 filhos), mas não queria ser homem…  e os personagens felizes são homens, né? Mas uma personagem que acho simpática é a vivida por Gwyneth Paltrow em Shakespeare Apaixonado.

Uma curiosidade sobre você que ninguém sabe
Não sei se ninguém sabe, mas meu passado me condena, já toquei contrabaixo numa banda de meninas. E deixei de viajar para um intercâmbio de um ano em Roterdã porque comecei a namorar o Gui na véspera da viagem.

1º encontro dos sonhos
O meu com o Gui. Saimos da aula no começo da noite no colégio em direção à Praça Zacarias onde aconteciam concertos do HSBC e nosso primeiro beijo foi ao som de Jesus Alegria dos Homens (de Bach) com direito a fogos de artifício. Estamos juntos desde então – e foi em novembro de 1991.

Um drink
Adorava gin tônica até descobrir que é mega calórico. E queria beber novamente o Por-do-Sol, drink com suco de romã e pó de ouro que tomei na festa de lançamento da novela Paraiso. (Se alguém souber onde tem me avise!)

Qual a sua peça de roupa favorita? Aquela que não empresta para ninguém?
Um vestido que fiz numa peça de malha inteiriça e que deixa o corpo lembrando a namorada do Roger Rabbit. Já emprestei uma única vez, para minha irmã Tiffany ir no meu baile de formatura. 🙂

Indique um programa offline
Amamos visitar museus, sábado é dia de Pinacoteca ou MASP, lugares fantásticos em São Paulo e que rendem excelentes papos depois nos cafés/restaurantes de excelente atendimento que funcionam nos prédios dos museus.

E meus agradecimentos pelos comentários gentis


[/update]

Você pode gostar também de ler:
Hoje é Dia do Quadrinho Nacional, galera! E claro que nerd como sou, não poderia
Já aconteceu por aqui, pois temos internet em casa desde os tempos da discada e
Você conhece a Inspirarte? A plataforma, criada pela Faber Castell, para os amantes da arte,
Uma análise do comportamento afetivo da geração millennial e perspectivas para o amor no futuro.
Sexta-feira passada, a atriz Carrie Fisher sofreu um grave ataque cardíaco de 15 minutos antes
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline Estatísticas