Meu filme favorito em 2011 #MemeDasAntigas

Nem precisei pensar: Meia noite em Paris. O nome, o elenco e a época já me encantaram, mas foi o fato de eu estar em Paris no lançamento do filme de Woody Allen que o fez realmente especial. Assisti depois no cinema com aquele sabor de “te conheço”, sabem?

Se você ainda não viu, vale a pena colocar na sua “to-do list”. No filme, Owen Wilson interpreta Gil, roteirista de Hollywood que está passando férias em Paris com a família da noiva, Inez (Rachel McAdams). O personagem, um roteirista estadunidense de “enlatados encomendados”, adora estar na Cidade Luz, local onde crê que se reconecta com a “grande arte” e se aproxima do sonho de viver nos anos 1920, quando F. Scott Fiztgerald, Ernest Hemingway e Pablo Picasso circulavam por ateliês e cafés da cidade. Certa noite, Gil misteriosamente realiza esse sonho. O filme engata num realismo fantástico (que eu adoro!) para discutir uma imagem de Paris que os intelectuais americanos gostariam de ter inventado (e creio que tentam até hoje reviver em NY, estarei errada?). A Paris da década de 1920 é “a cidade que prestigia os mestres, um lugar onde artistas sem crédito nos EUA podem se refugiar para ter seu valor reconhecido”, uma cidade-museu. O filme conta com passagens gostosas de pequenos momentos de grandes nomes do século passado e nos traz a reflexão de qual é o melhor tempo, da força da nostalgia e do que queremos de fato da vida real e atual.

E se você curtir o filme, fica a dica: o livro Saudades do Século XX, de Ruy Castro, traz pequenas biografias de muitos dos citados no roteiro, trazendo o mesmo clima.

😉

Este post faz parte do #MemeDasAntigas!!! Um balanço feito entre blogs do ano que está terminando! Quer participar? Visite este post, veja como e junte-se a nós!

Quem já faz parte: Hally Rocker do Mode On/Off, Renata Becker do Oui, Madame, André “Hipotermia” Sobreiro, Érica Lopes, Lilian do Lá no Cafofo, Ana do Organizando o Caos, Larissa Bohnenberger do O Elemento Fogo, Marcos Rodrigo do Eh Bien…, Evy do Pensamentos Perdidos, Juli_Chan do Hitomi Nyu, Cássia Alves do Busca de Sentidos, Regiane do Pequenas Coisas da Rê, Kel Sodré do Armário de Coisinhas, DaniSohDani do Só Lendo, Marcos Freitas do Passageiro do Mundo, Natalia Máximo do Caleidoscópio Dental, Mah Kaori do MahMind, Rafaela Marinho do Meus Vários Mundos, Janna do Livros Pura Diversão, Cintia Ribeiro do Free To Be Me, Nilza Borba do Pele sem Flor, Ana Carolina do Seis Milênios, Nita do Falando sobre Livros, Sam Shiraishi do A Vida Como A Vida Quer, Nara do Minha Fábrica de Sonhos, Camila Batista do It’s not too Late, Neyara do Capsula de Banca, Lila Ricken do A Luz Difusa do Abajur Lilás, Letícia do A Garota e Seus Livros…

[update]

Este post deveria ter sido publicado no dia 05/12 e sofreu atraso por questões pessoais. Para manter a ordem da blogagem coletiva peço desculpas e alterarei a data. Espero que compreendam.

[/update]

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook