a vida quer

Recebi dois convites – da @lidifaria e da @smiletic – para fazer um meme bem divertido, sobre 9 coisas sobre mim. Coisas eu não consegui lembrar, mas fatos sim. Vamos lá:

  1. Quase sempre estudei em escola pública, como esta #aos9 em Siqueira Campos, PR – exceto no ginásio (fundamental 2) quando estudei no Mater Dei em Pato Branco e no Precisão em Curitiba.
  2. #aos8 fui voluntária da Cruz Vermelha Internacional. Mas era tão difícil acordar minha amiga Simone, que ia comigo às reuniões nos sábados de manhã, que desisti e passei a ir à piscina nestes dias de folga. Meu voluntariado continuou anos depois, no Interact Club e no PV.
  3. #aos9 entrei no GRD (ginástica ritmica desportiva) onde fiquei por anos, depois ballet e jazz – mas eu fugia depois da aula para competições de Atari na locadora de videogame. Com certeza eu sacava que com a minha estatura mínima nada físico daria certo, teria mais sucesso sendo geek!
  4. #aos20 confirmei que tinha talento para trabalhos manuais – sinto muito porque não tenho tempo para eles… fiz meu vestido de noiva, parte do enxoval para o casamento (até as lingeries, que adoro fazer) e os tiptops e joguinho de quarto dos bebês.
  5. #aos11 achei que seria psicopedagoga e por isso até os 15 eu li tudo que achei sobre pedagogia, estudo que hoje ainda me rende boas pautas pro Mãe com filhos.
  6. #aos 15 teimei que seria arquiteta e larguei o segundo grau normal para fazer curso técnico de edificações no Cefet-PR. Serviu para eu aprender exatas, me formar em francês e desencantar de arquitetura – além de arrumar marido por lá.
  7. #aos16 convenci meu pai de que valia a pena investir na minha carreira musical. Fiz violão clássico e ganhei um contrabaixo que me rendeu um nódulo (benigno) no seio, de tão desproporcional ao meu tamanho que era – e judiava de mim quando eu batia o braço do baixo no peito.
  8. #aos17 fui para Oktober Fest em Blumenau (SC) com minha irmã Sheron e não conseguimos voltar para a casa que nos hospedava. Passei a madrugada na casa de gentis desconhecidos que me deram roupa e comida no escuro, uma família amiga dos nossos anfitriões. No dia seguinte, como não podíamos ir para casa por conta das estradas, ajudamos a separar doações para as vítimas da enchente por horas – e depois fomos para a Oktober de novo!
  9. #aos26 passei um feriado de Ação de Graças em Los Angeles tão, mas tão enjoada da gravidez (do Enzo), que não consegui comer nada além de crackers por alguns dias. Aí num passeio na marina de Santa Mônica vi um daqueles sanduiches #vergonhalheia de tão gigantesco e comi como se não houvesse amanhã. Foi a melhor refeição que tive em solo americano!
Você pode gostar também de ler:
  Killa P. deu a letra, Patti Cake$ eu fui ver. Um filme irado, é
Photo by Heidi Sandstrom. on Unsplash Primeiro post da segunda metade
Hoje estava lendo num do facebook, o pessoal tirando um sarro de uma entrevista da
Muita gente se pergunta...afinal faz sentido usar um protetor térmico toda a vez que uso
A nova modinha entre as vlogueiras de Beleza gringas são 100 camadas de alguma coisa,
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline Estatísticas