Inspirações “Faça Você Mesmo” no estilo “Menos é mais” estão na Casa da Mega & Jardim Artesanal

Estivemos na abertura da Mega Artesanal 2018 e nos encantamos com a Casa da Mega & Jardim Artesanal.
Montada dentro do São Paulo Expo com estrutura de madeira de palete, a Casa de 560 m² reunirá ideias inspiradoras para dar um toque especial e personalizado a diferentes espaços, ‘abusando’ da criatividade, dos conceitos do ‘faça você mesmo’ e da sustentabilidade para decorar o lar.
De lá, ao vivo na fanpage e no instagram do @maecomfilhos, entrevistamos a curadora Rita Paiva, que tem um olhar e uma sensibilidade únicos para combinar projetos de decoração contemporâneos com artes manuais e artesanato.

A Casa da Mega é uma atração ‘queridinha’ dos visitantes da feira em outras edições. Neste ano, além de ter quase o dobro de tamanho em relação às edições anteriores, o conceito foi totalmente reformulado, com a integração de todos os cômodos, um jardim natural e muito verde dentro de casa.
A Casa da Mega & Jardim Artesanal tem 16 ambientes – cozinha, sala de jantar, sala de estar, quatro quartos (do casal, do bebê, do menino e da menina), banheiro do casal, corredor interno, hall de entrada, varandas, SPA, quintal das hortas, garagem, ateliê do artesão e festa infantil – assinados por um time estrelado de mais de 20 artistas, entre eles Peter Paiva, mestre da saboaria, Vlady e Flávia Terzi, referências na arte em papel (scrapbooking), Mayumi Takushi e Diná Rocha, especialistas em pintura decorativa e em madeira, respectivamente, os apresentadores de programas de TV Bete Ribeiro e Dotan Mayo, e de Rita Paiva, editora da Revista Make, que também é responsável por um dos cômodos.
Veja os destaques dela:
“Selecionamos um time de artistas com competências plurais, que se complementa e, em conjunto, domina todas as artes manuais. São técnicos muito talentosos e grandes influenciadores do mercado que, além de toda a expertise, estão apaixonados e animados com a iniciativa e trabalhando em total colaboração. o tripé tendências, integração e simplicidade é o diferencial do projeto este ano. Além do palete e da bricolagem, os visitantes encontrarão, por exemplo, o macramê, técnica de tecelagem manual que fez muito sucesso na década de 70 e está de volta com tudo. Fazem parte da decoração também o tricô e o crochê, técnicas geralmente usadas na confecção de roupas e que estão na decoração de vários ambientes, o ponto cruz gigante, muito popular na Espanha, a pintura decorativa e outras artes manuais e artesanato que dão um toque de delicadeza aos ambientes, remetem às memórias afetivas e pode transformar uma casa bem decorada em um lar caloroso.”
A inspiração veio dos Estados Unidos, Inglaterra, Noruega e Escandinávia, com tudo que realmente é novidade. Dentro do conceito do menos é mais, num estilo contemporâneo que amamos, a casa usa paleta em tons pastéis, cinza e grafite, que permitem qualquer combinação mantendo a sofisticação.

 
E o melhor: em todos os ambientes encontramos peças que podem ser facilmente reproduzidas pelos visitantes, mesmo por quem não tem experiência ou habilidade manual!
 
A edição de 2018 da Mega Artesanal, maior feira de produtos e técnicas de artesanato e artes manuais da América Latina, está imperdível.
Além da Casa da Mega & Jardim Artesanal, o visitante da Mega Artesanal 2018 ainda poderá conferir diversas exposições, participar de milhares de cursos, conhecer e comprar máquinas, ferramentas, acessórios e insumos para fazer inúmeras técnicas de artes manuais, artesanato, confeitaria e festa e acompanhar, ao vivo um eletrizante desafio entre estudantes de moda (das ETECs de SP).
 
Serviço
  • Mega Artesanal 2018
  • Dia e hora: 4 a 8 de agosto – das 10h às 18h – aberta ao público
  • Local: São Paulo Expo
  • Endereço: Rodovia dos Imigrantes, Km 1,5
  • Ingresso: R$ 20,00 inteira e R$ 10,00 meia entrada
  • Proibida a entrada de menores de 12 anos
  • Organização: WR São Paulo Feiras e Congressos – www.wrsaopaulo.com.br
Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook