cinema / entretenimento / livros

Maze Runner: A Cura Mortal

maze-runner-cura-mortal-pre-estreia-01

 

A saga de filmes Maze Runner é baseada nos livros homônimos do escritor James Dashner.

Ao todo, são seis livros na série e três filmes já produzidos, sendo que o terceiro ainda não estreiou aqui no Brasil, enquanto o segundo estava no cinema a quase dois anos atrás.

 

coleco-da-serie-maze-runner-6-livros-d_nq_np_840950-mlb25942212374_092017-o

 

No dia 25.01, está marcada a estreia do terceiro. Mas antes de comprar seus ingressos e se programar, veja as 6 principais coisas que você precisa lembrar para poder assistir tranquilo e sem confusões.

1) Os personagens Thomas, Newt, Minho e Caçarola moravam na Clareira, no meio de um labirinto. Eles ficaram presos lá dentro junto de outros personagens como Alby (morto por verdugos), Chuck (que levou um tiro) e Gally (que terminou com uma barra atravessada em seu peito).
2) Desde o primeiro filme descobrimos que o CRUEL está buscando a cura de um terrível vírus que transforma pessoas em terríveis cranks. Sabe-se que alguns jovens são imunes ao vírus; e é por isso que eles são estudados e colocados à prova.

3) Thomas e Teresa têm um passado em comum antes de irem parar na Clareira. Os dois trabalharam para o CRUEL, até o momento em que Thomas se revoltou contra eles.

4) No segundo filme conhecemos Vince, Brenda e Jorge, sobreviventes do deserto que lutam contra o Cruel.

5) Enquanto fugia de Cranks, Brenda acaba sendo mordida por um deles, passando a ser infectada. No acampamento da resistência, Mary usa o sangue de Thomas para retardar a infecção da menina.

6) Ao final do filme, alguns jovens como Minho são capturados pelo CRUEL novamente.

Agora que você lembrou dos outros dois filmes, vá seguro assistir ao terceiro. A mesma emoção e cenas de ação são garantidas nessa sequência.

Você pode gostar também de ler:
Desde que fiz meu primeiro detox digital, num verão há alguns anos, eu tenho descoberto
Eu vi nascer o Fórum Cristão de Profissionais. Estava no culto num domingo em que
Numa semana em que vi discussões sobre censura, política e fé pública (discutindo se líderes
Eu e os livros, que caso de amor. Mas os livros são deixados de lado
Já fazia tempo que eu me devia um tempo para pensar nas ideias de Noam Chomsky 
The following two tabs change content below.
Vinii ainda é estudante de jornalismo e tem muito o que escrever pela frente. Paulistano de berço, se esforça pra não se acostumar com o cinza e o cruel de Sp. Acredita que há amor aqui, e em qualquer outro lugar, e luta contra o futuro de Black Mirror.

Comentários no Facebook

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline Estatísticas