destaque / social good

Muitas vezes a gente tem histórias lindas para contar e não sabe nem onde… falta um blog ou o espaço que temos é muito “nichado”, a gente fica sem jeito de fazer uma salada russa e acaba deixando passar a oportunidade de inspirar as pessoas. Muitas vezes o que falta é a chance de sentar e conversar, de saber mais do outro, de descobrir mais de quem está ao nosso lado naquele instante.

Felizmente Maitê, autora deste texto para a Blogagem Coletiva “Histórias de vida que inspiram”, não deixa estas chances passarem. Desde que nos desvirtualizamos (se não me engano foi numa Campus Party) noto nela uma delicadeza especial para aproveitar as oportunidades que a vida lhe dá. E a história que ela compartilha é um exemplo disso e de uma vida que nos inspira a rever os conceitos de reestruração e de recomeço.

samegui e maitelemos na campus party

No centro da foto: eu e Maitê com outros amigos sulistas (@maxreinert, @giseleramos e @anemeira) na Campus Party 2010)

Conheci a Ana em uma das primeiras reuniões do Núcleo da Mulher Empresária da minha cidade. Ela, uma senhora distinta, com pouco mais de 60 anos que, como nucleada experiente em uma cidade próxima, veio nos auxiliar em relação às atividades do Núcleo. Tivemos pouco contato em nossos primeiros encontros. Sabia apenas que se tratava de uma empresária do ramo de confecção.

Um dia nos encontramos em um treinamento de Neurocoaching e, como uma das atividades do curso, nos reunimos em pares e pudemos trocar informação sobre os objetivos de cada um. Para a minha surpresa, descobri que há apenas um mês a Ana havia se desfeito da empresa. Contou-me que teve um contratempo e, diante da opção de reestruturar todo o negócio, julgou mais conveniente fecha-lo.

– Não valia à pena todo o esforço de reestruturação. Percebi que aquele era um ciclo da minha vida que já estava encerrado, disse ela.

Viúva já há alguns anos, com os filhos crescidos e bem direcionados, a Ana resolveu seguir um caminho completamente diferente daquele ao qual estamos habituados. Estava com as malas prontas, rumo ao interior do Maranhão, para participar de um curso de 15 dias que irá prepara-la para passar todo o ano de 2014 como agente da Pastoral da Saúde, em algum lugar remoto do mundo.

20130903-120201.jpg

Isso mesmo. Aquela senhora, acostumada a uma vida confortável, estava abrindo mão de toda comodidade para ajudar ao próximo. Quando perguntei se ela tinha ideia de para qual cidade será enviada, me respondeu que tudo que sabe é que será uma cidade muito necessitada de ajuda. Não estava preocupada com o destino, pois já havia escolhido como ponto de partida a solidariedade.

Ela parte no começo de janeiro de 2014 e retorna apenas em dezembro. Não sabe se passará o ano no interior do Brasil, Haiti, algum país da África, ou qualquer outro lugar carente. Por isso o treinamento de Neurocoaching. Quer estar preparada para cooperar da melhor maneira possível com as pessoas com quem irá conviver. Estava disposta a deixar os medos e crenças limitantes de lado para estabelecer novos padrões neurais, capazes de lhe auxiliar nessa jornada.

Eu chorei quando ouvi a sua história. Em um piscar de olhos nos tornamos amigas e temos mantido contato através de e-mails.

E para quem não consegue entender como uma pessoa completamente desconhecida, em alguns minutos, pode se tornar tão importante para mim, explico de forma bem sucinta: EXEMPLO DE VIDA.

maitelemos Maitê Lemos (@maitelemos) é jornalista, mora em Tubarão (SC), onde atua como consultora em mídias sociais, e se apresenta como “alguém que pensa em tudo e precisa colocar para fora tudo que pensa”.

Participe você também, fazendo um novo post ou indicando textos antigos que contenham histórias inspiradoras (pode ser com texto, vídeo ou audio, gravando um papo por telefone, por exemplo).

20130828-154950.jpg

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline Estatísticas