Macbeth

Shakespeare soa erudito demais para muita gente. O teatro carrega o mesmo estigma. Um release que recebi agora parece ser a chance de mudar de idéia sobre isto, pois o patrocinador da montagem de Macbeth – A peça escocesa está oferecendo uma sessão aberta no dia 22 de fevereiro, às 21h, no Teatro João Caetano. 438 ingressos serão disponibilizados gratuitamente na bilheteria do local uma hora antes do espetáculo (são 2 convites por pessoa).

A tragédia shakespeariana traz à tona temas como ética, política e traição, questionando a natureza humana e a busca pelo poder. No elenco estão Evandro Soldatelli e Renata Zhaneta ? que ganhou o prêmio de melhor atriz da Associação Paulista dos Críticos de Arte (APCA) 2007 por sua interpretação na peça. A estréia da montagem neste ano coincidiu com o aniversário de São Paulo e na época divulguei em detalhes em MACBETH – A Peça Escocesa.

Você conhece esta história?

Ao voltarem de uma batalha vitoriosa, os valentes generais escoceses Macbeth e Banquo encontram no caminho três feiticeiras que lhes fazem a seguinte profecia: Macbeth se tornará rei um dia e Banquo será o pai de uma linhagem de reis. Instigado por sua ambiciosa esposa, Macbeth mata o rei Duncan, que estava hospedado em seu castelo, e faz com que a culpa recaia sobre Malcolm, filho de Duncan. Por ser o próximo na linha de sucessão, Macbeth é coroado rei.
A partir daí, ele passa a eliminar todos aqueles que representem uma ameaça ao seu poder, a começar por Banquo. Protegido por uma nova profecia, que o torna imbatível, Macbeth aterroriza a todos, até ver-se cercado por forças invasoras, lideradas por Malcolm, que veio para recuperar o trono e reestabelecer a ordem.

Lady Macbeth é uma das maiores vilãs de todos os tempos!

macbeth.jpgA história, disponível em livros traduzidos por todo o mundo, foi escrita nos anos da maturidade do autor, entre 1605 e 1606, segundo li no blog 100 livros para ler. De lá também é a dica deste pocket book da Coleção L&PM Pocket, com preço sugerido de 9 reais! Helô apresentra resenhas de outras obras shakespereanas, vale a pena conferir:A tempestade, O Rei Lear, Hamlet,Muito barulho por nada (minha favorita), A megera domada e Sonhos de uma noite de verão.

Não sou fã nem entendo tão bem a obra dele, mas Macbeth era um dos livros da biblioteca da minha mãe – na versão em português-, mas admito que os conflitos dos personagens são imortais e as histórias, mesmo trágicas, continuam a nos envolver. Quando comecei a aprender inglês de verdade (na prática, fora da escola de inglês que frequentava duas vezes por semana, na convivência com amigos intercambistas do Rotary Club), me disseram que eu precisava ler Shakespeare no original um dia. Não comprei, mas hoje os e-books de obras classicas (e já sem direitos autorais) nos ajudam muito. Macbeth pode ser lida no original aqui.

O cinema já fez várias adaptações, sendo uma delas do cineasta japonês Akira Kurosawa (1957) e o norte-americano Orson Welles (1948). Mas vários europeus se dedicaram a ela, como o italiano Mario Caserini (1908), o austríaco Richard Oswald (1921) e o polonês Roman Polanski (1971). Faltou uma versão tão boa quanto a de Muito Barulho Por Nada, de Kenneth Branagh (um dos maiores intérpretes de Shakespeare na atualidade), não é mesmo?

Serviço:

  • MACBETH – A Peça Escocesa
  • Local: Teatro João Caetano – Rua Borges Lagoa 650 – Vila Clementino; tel (11) 5549.1744.
  • Horários: sextas e sábados às 21h; domingos às 20h
  • Temporada: de 25 de janeiro a 02 de março de 2008.
  • Ingressos (fora desta promoção): R$ 15 (inteira); R$ 7,50 (estudantes, aposentados e portadores de deficiência, clientes do Banco Nossa Caixa que apresentarem o cartão do banco no ato da compra do ingresso).
Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.