Entrevista com Luma Rosa

Foi através de uma blogagem coletiva que, há menos de um ano, deixei de ser uma mãe com bloguinho e passei a me sentir parte da Blogosfera. Foi em 05/06, Uma ajuda para o planeta, e nela conheci blogueiros que hoje são parceiros de trabalho, de lutas, mas principalmente bons amigos virtuais. Uma destas pessoas, que não imagino que aparência tem mas cuja coerência me conquistou é Luma Rosa, do Luz de Luma.
Hoje no meu artigo de toda segunda-feira no Nossa Via tratei da força da blogosfera, no texto Em Defesa da Inocência, comentando a blogagem coletiva organizada por ela no dia 14/02 Contra pedofilia, em defesa da inocência. Para tratar do tema, decidi fazer uma mini-entrevista com Luma, pois sempre fiquei curiosa sobre as motivações que levam as pessoas comuns (que não são profissionais de mídia) a manter um blog tão atualizado e, em especial, utiliza-lo para causas importantes. Segue nossa conversa por e-mail:

Nome (real ou virtual),idade, profissão, localização geográfica.

Meu nome é Luma Rosa, sou advogada de formação e trabalhei algum tempo com administração pública, tendo bastante experiência nesta área. Atualmente mantenho uma empresa de engenharia e serviços. Moro em Cabo Frio, cidade do Estado do Rio de Janeiro. Opção feita pela oferta de trabalho na área de petróleo e pelas belezas naturais.

Desde quando “frequenta” a blogosfera e há quanto tempo tem blog? Como definiria a temática do blog? E que objetivos pessoais ou profissionais tem com ele?

A criação do blogue, como já comentei em algumas vezes no “Luz” partiu de uma terceira pessoa. Eu no início era apenas comentarista de grandes blogueiros que ainda hoje participam da blogosfera … Sam, não quer ler a entrevista que dei para o Julio Moraes? Lá eu falo da temática do blogue e os objetivos pessoais. E não existe motivos profissionais para eu ter o blogue, o que chateia meus amigos probloggers.

(Na verdade eu já tinha lido a entrevista e deixo o link aqui para quem quiser conferir)

Qual foi a motivação para a blogagem coletiva da pedolifia? Sentiu que alcançou os objetivos?

Eu havia feito o selinho sem a pretensão de fazer uma blogagem coletiva. Iria apenas estampar a sidebar do blogue.
Acredito que o universo conspira.
Logo em seguida presenciei uma situação constrangedora. Um garoto me contou que o pai o molestava e a mãe ficou muito brava pelo garoto ter contado a mim, uma pessoa estranha à família. O meu constrangimento se transformou em indignação e comecei com as medidas práticas. Tenho acompanhado de longe o processo porque foi no meio de uma viagem que fiz.
Comecei a ler sobre o assunto e a cada informação era uma revolta. É triste saber que em muitas famílias a pedofilia não é encarada como crime, mas naturalmente como uma conseqüência do estado emocional do meio familiar. O pedófilo é gentil até ser contrariado, por isso a vítima sente-se moralmente responsável, tipo um filho não pode contrariar o pai. Então se o papai tá mandando, faça! E a criança não querendo ser a geradora de conflitos, acaba por se sentir culpada – porque o pedófilo se faz de vítima da circunstância.
Em paralelo, cresce a pedofilia criminosa, aquela que não é doentia, mas que visa lucros. No fornecimento de crianças para aqueles pedófilos que não querem sair à caça e neste caso há envolvimento de associações criminosas, seqüestros, lavagens de dinheiro e homicídios. A internet neste caso, é a grande propagadora e ambiente fértil para o seu crescimento.
Os objetivos
Eu tinha 4 objetivos com essa blogagem. O primeiro, ligado à falta de informação. Sabemos o que é pedofilia, mas somente quando acontece algo próximo a nós procuramos informações adicionais. Eu queria que pelo menos os leitores do luz, passassem pelo estágio de procura de informação. E foi legal! Para a blogagem eles foram à fundo. Pesquisaram, se assombraram com a dimensão do problema e agora estão mais atentos.
O segundo objetivo era lançar conteúdo contra/sobre a pedofilia na internet. Tenho recebido muitas visitas relacionadas ao tema e sei que muitos são pedófilos. O intuito é criar obstáculos, barreiras que gerem desconforto à eles. E também informar os pais e educadores que precisam de informações ou de alguma ajuda e as procuram na web.
O terceiro objetivo e o quarto não dependem de mim, depende exclusivamente da boa vontade do governo federal e está na postagem que fiz para os “Amigos da Blogosfera” – nesta postagem peço que os nossos gestores aparelhem a polícia federal com tudo aquilo que ela necessita para combater a pedofilia na internet. Eles trabalham precariamente e mesmo sem recursos, a PF criou uma tecnologia de rastreamento de computadores que permite identificar quem divulga imagens de sexo com menores, sendo uma das melhores e mais avançadas do mundo. Dá para imaginar como seria o combate online se eles estivessem realmente aparelhados? O quarto objetivo é reforçar a proposta do senador Magno Malta (PR-ES) para a instauração da CPI da Pedofilia o quanto antes. O senador protocolou o pedido de abertura junto à Secretaria-Geral da Mesa, no dia 20 de Dezembro e neste requerimento, ele pede a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) com objetivo de investigar a utilização da Internet na prática de crimes de pedofilia e sua relação com outros delitos, como o crime organizado. Seriam necessárias 27 assinaturas de outros senadores para que a CPI fosse lida finalmente no plenário e aberto um trabalho de 120 dias, em que tudo seria apurado. Ele conseguiu 28 assinaturas e agora com retorno dos trabalhos legislativos, a leitura do requerimento deve ser lido em plenário. Mas a sua criação ainda depende da indicação de integrantes dos partidos da Casa. Daqui para frente tudo depende dos partidos políticos, pois eles é que indicam.
Sam, como poderíamos ajudar o Senador Magno Malta? Peça ajuda aos seus leitores, please?
***
Agora a tarefa é minha, a de pedir ajuda a vocês, leitores e amigos, para forçar os políticos da sua região a atender a este pedido da sociedade. Como fazer isto? Postando sobre o tema, reforçando o pedido de Luma e de milhares de vítimas silenciosas, mandando e-mails para os senadores e deputados.
Quer fazer mais? Luma me deu este link que ensina a criar uma blogagem coletiva eficiente: Blogue por uma Causa!: O Guia do Global Voices para Campanhas em Blogues.
Segundo dados dos Amigos da Blogosfera, ratificados por Luma em resultado da Blogagem Coletiva, mais de 240 blogs Contra a pedofilia! Listo-os para quem quiser conferir.

Participantes da Blogagem coletiva “Contra a pedofilia, em defesa da inocência!“:

1. Sérgio Grigoletto,
2. Lys,
3. Andréia Motta,
4. Tânia Defensora,
5. Sahmany,
6. Bezzblogger,
7. Cidão,
8. Rosane,
9. Claudia Pit,
10. Leonardo Rocha Pena,
11. Joy,
12. Maristela Bairros,
13. Jorge Araujo,
14. Marco Ferreira,
15. Zé Lérias,
16. A fonte nova,
17. Zé Povinho,
18. Laurentina e Egídio Vaz,
19. Lídia (Silêncio Culpado)
20. Taliesin,
21. Carlos Jr.,
22. Maria Augusta,
23. Luci Lacey,
24. Vitória,
25. Evellyn,
26. Cilene Bonfim,
27. Veridiana Serpa,
28. Grace Olsson,
29. Lino Resende,
30. Dullim,
31. Daniela Pontes,
32. Lulu on the Sky,
33. Gotinha,
34. Afonso, o Chato,
35. Gabriel Ruiz,
36. Aninha Pontes,
37. Patty (Palavras),
38. Diego Pacheco,
39. Meiroca,
40. Fábio Max,
41. Letícia Coelho,
42. Rui Nelson,
43. Sonia Horn Nascimento,
44. Heloisa,
45. Cristiane Fetter,
46. Bruna Splendore (Aliciante)
47. Marcos Pontes,
48. Luciane,
49. Paula Góes (Global Voice)
50. Georgia Aegerter,
51. Turmalina,
52. Isabel Filipe,
53. Jens,
54. Janaína de Almeida,
55. Peciscas,
56. Looking4good,
57. Sérgio Coutinho,
58. Sérgio Ricardo,
59. Teresa Freire,
60. Oscar,
61. Osc@r Luíz no Multiply,
62. Flainando na web,
63. Dario Velasco,
64. Aline Silva Dexheimer,
65. Flávia (Vivendo em Coma)
66. Odele Souza,
67. Rosamaria,
68. Herika,
69. Chuvinha,
70. Adri-Dri-Drika,
71. Olá,
72. Maria,
73. Madalena Barranco,
74. Fernanda,
75. Elvira Carvalho,
76. Amigona,
77. Miguel,
78. Lucas Ghellere,
79. Tati Sabino,
80. Landinho,
81. Xico Lopes,
82. Karina,
93. Willian Mendes,
94. Maria da Conceição Banza,
95. Meyviu,
96. Laura,
97. Pata Irada,
98. Kleverson Neves,
99. Euza Noronha,
100. Tanya,
101. Daniel Mafinski Biz,
102. Nadja,
103. Dª Anja,
104. Antonio Madrid,
105. Gustavo Chaves,
106. Pena,
107. Fernando Cury,
108. Andréa Sig Mundi,
109. Sandra Mora,
110. Marcos Santos,
111. Cármen Neves,
112. Alanna Blogada,
113. Denise BC,
114. GuGa Flaquer,
115. Alexandre Costa,
116. Ale Briscoe,
117. Carlos Fran,
118. Ronaldo,
119. Fátima,
120. Elisabete Cunha,
121. André L. Soares,
122. Claudya (Blog memories),
123. Pedro Barroso,
124. Lívia,
125. Anathalia,
126. Mário Leal,
127. Tathiana,
128. Drika Campos,
129. Tina,
130. Issamu
131. Tomavana (Global Voice)
132. Dácio Jaegger,
133. Ricardo Rayol,
134. A Cor da letra,
135. A Abiose Maringaense,
136 Your soul,
137. Ecclesiae Dei,
138. Ingrid,
139. Ana Cranes,
140. Mirella Matthiesen,
141. Lunna Montez’zinny,
142. Rodrigo Reis,
143. Regina Ramão,
144. Guilherme Guidorizzi,
145. Diogo França,
146. Sérgio Nascimento,
147. Chawca,
148. Samantha Shiraishi,
149. Seu Paulo,
150. Gitas,
151. Adelaide Amorim,
152. Everson,
151. Sérgio (Em branco e Preto),
152. Adriana e Romero,
153. Espírita na Net,
154. Paula Barros,
155. Renata Christina,
156. Paulo Duarte,
157. Francy’s Oliva,
158. Ana Paula,
159. Lord Phoenix,
160. Rafael Rap,
161. Grasiani Tomelin
162. Gente sem saúde,
163. Mariana Penna,
164. Layla Lauar,
165. Paula Cavalcanti,
166. Teo Victor,
167. Ru Correa,
168. Blog Desabafo de mãe,
169. Ana Cláudia Bessa,
170. Gi(De tudo um pouco),
171. Garfio,
172. Parvinha,
173. Sombra do Sol,
174. Jake,
175. Taty Ferreira,
176. Gighiggi,
177. Chicoelho,
178. Rodrigo Villasboas,
179. Juca,
180. Val Barbieri,
181. Dono do Bar (DB),
182. Gustavo D’Andrea,
183. Lucas Secundino,
184. Paula e Lugirão,
185. Wallace,
186. Tine Araujo,
187. Larissa Hardt,
188. Silvano Vilela,
189. José Gonçalves,
190. Mônika Mayer,
191. Carol,
192. Ví Leardi,
193. Anunciação,
194. Carreira,
195. Mônica Montone,
196. Cheers! Flávia,
197. Marcelo Dantas,
198. Caesar Massamá,
199. Sam,
200. Betho,
201. Filoxera,
202. Renata Macedo,
203. Elena,
204. Regina Simões,
205. Liz,
206. Leonor Cordeiro,
207. O mundo encantado de Cecília Meireles,
208. Patti,
209. Lila,
210. Cláudia,
211. Rosa Silvestre,
212. Baby, (Fazendo a diferença),
213. Ronald,
214. Gi (Velharias traquitanas),
214. Marcelo (Sopa no Exílio),
215. Luíza Helena,
216. Naldy,
217. Clipping,
218. Aspásia,
219. Pin Gente,
220. Bel,
221. Drika,
222. Sclair,
223. Carla Coelho,
224. Maria Bethânia Oogink,
225. Diz,
226. Joana,
227. Rosane Souza,
228. Nério Júnior,
229. Blondie & Dagwood,
230. Míriam Salles,
231. Marcinha,
232. Regina Célia,
232. Tony,
233. Nilza (Avessando),
234. Júlio Moraes,
235. Daniel Moreira,
236. Pablo Ramos,
237. C. Coelho,
238. Marcelo F. Carvalho,
239. Silney,
240. Menina de Lord Kronus,
241. Samurai Urbano,
242. Cristina,
243. Wagner,
244. Chico Zé,
245. Sam (Clipping)
246. Re do Neurótika
247. Portal Fenix

Saiba como você pode colaborar para que possamos obter sempre resultados como esse!

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.