Livros para tweens

Antes das férias de julho Evellyn e eu trocamos umas dicas de livros para os meninos lerem nas ferias. Pedi umas dicas de livros pro Enzo e vejam o resultado:

  • Que história é essa? volume 2, de Flavio de Souza com ilustrações de Daniel Kondo, editora Companhia das Letrinhas. É muito divertido, com uma brincadeira gráfica incrível e “conta histórias sobre histórias que já foram contadas, mas de um jeito diferente. Eles substituem personagens e é muito criativo”, segundo o Enzo. Ele ainda falou que fica meio espanhol, não consegui ainda conferir!
  • Bia na Ásia, de Ricardo Dreguer, editora Moderna. Bia é filha de uma diplomata e viaja muito, além de morar em diferentes continentes e países. Neste livro ela visita países da Ásia antes de se mudar com a mãe para o Japão e ao longo da viagem ela manda mensagens de e-mail com fotos contando dos locais e experiências para o pai, um arquiteto que mora no Brasil. Foi o livro indicado para leitura neste trimestre na escola e adoramos! Faz parte da série Viagens de Bia
  • Mano descobre, de Gilberto Dimenstein, editora Companhia das Letrinhas. Este livro o meu vizinho leu para escola aos dez anos e adorou, me indicou e eu li, no começo para ser gentil, mas depois me encantei. A história é bem geek, porque boa parte é de e-mails trocados por dois amigos virtuais que não se conhecem. E o autor dispensa comentarios.
  • O livro perigoso para garotos, de Conn e Hal Iggulden, editora  Galera Records. Já fiz post sobre este livro no blog do Desabafo no lançamento da versão em português no ano passado e Enzo ganhou dos tios no Natal. Posso resumir dizendo que “todo menino tem que ter e ler este livro”, pois ensina a ser menino e a crescer e se tornar homem de forma saudável. Virou obra de referência e nos diverte muito com suas dicas para fazer aviões de papel – Enzo levou na escola e deu uma aula sobre o tema – universo dos animais, coisas do mundo antigo, esportes e até poesias para conseguir namoradas!

Como estamos às vésperas da Bienal do Livro de SP, ficam as dicas para quem quiser comprar umas obras bem divertidas para os meninos!

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook