Livemocha

Segui a dica da Lúcia e fiz o meu Livemocha agora.
(Como sempre enfatiza a Ceila, ela realmente é muito antenada e não é à toa que está envolvida na organização de tantos eventos blogosféricos…)
O site é uma rede de relacionamento em que podemos treinar ou aprender um idioma diferente. Eu escolhi inglês e francês, mas quem sabe ajudo a quem quer aprender português? É possível também fazer amigos, claro. Que tal?
Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.