cidadania / cultura web / entretenimento

Esta dupla – literatura e redes sociais – é tema constante nos posts do @avidaquer. Há um ano, na #cparty2010, eu e @ianblack começamos uma conversa informal que reuniu muitos interessados nos livros digitais e no debate da leitura nas redes sociais numa desconferência. Sentados nos pufes nós conversamos sobre o que não estava no palco principal mas, às vésperas do lançamento do I-Pad e de seus concorrentes diretos, viria a ser um dos assuntos do ano.

@deniserangel @livroparavoar @gnsbrasil @@cybelemeyer @maitelemos @alessandro_m @tebenas @lenteaberta @ladyrasta @olivreiro

@deniserangel @livroparavoar @gnsbrasil @cybelemeyer @maitelemos @alessandro_m @tebenas @lenteaberta @ladyrasta @olivreiro

Neste ano eu fico feliz por ver que o tema abre os debates na área de Social Media. Hoje, terça, 18/01, das 15h45 às 17h15.

Como as redes sociais estão afetando a literatura nacional? Pessoas compram livros com base em indicações de sites, autores divulgam seus trabalhos de forma independente, editoras encontram novos talentos. Confira mudanças e tendências nesse panorama.

Estarão lá:

  • Eduardo Spohr – Jornalista atuante na internet e escritor, autor do romance “A Batalha do Apocalipse”, além de participante do Nerdcast, o podcast do site Jovem Nerd.
  • Verena Petitinga – Arquiteta da informação e CEO de O Livreiro, rede social para leitores.
  • Paulo Tadeu – Dono da Editora Matrix, que lança cinco novos livros por mês, e colaborador do blog Éramos 6.
  • João Paulo Cuenca – Uma das maiores revelações da literatura brasileira nos últimos anos e autor de três livros: “Corpo Presente”, “O dia Mastroianni” e “O único final feliz para uma história de amor é um acidente”.
  • Pedro Herz – É agitador cultural e dono da Livraria
Você pode gostar também de ler:
E se você tivesse a oportunidade de fazer tudo diferente? A vida em sua essência
Qual o tamanho do mundo que você quer para seu filho? Esta é uma pergunta
Em feriados ou a gente viaja ou decide que vai resolver aquele cômodo da casa
Nesta semana, a cidade do Rio de Janeiro tem sido palco para os diversos debates
Quantas vezes você ouviu alguém dizer: se tiver um limão, faça uma limonada. Referindo-se à
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline Estatísticas