entretenimento

Neste sábado, às 15h, três atores acompanhados por adereços, músicas, sonoridades e imagens, apresentam uma experiência nova para quem estiver no Museu da Língua Portuguesa (Praça da Luz, s/nº, Centro, São Paulo, SP): uma leitura composta de fragmentos de quatro obras de autores representativos do leste europeu que foram fortemente influenciados pelo contexto histórico que vai do pós-guerra ao desmanche da cortina de ferro.

As obras são interessantes e nem todas tão populares, o que vale a lista para quem não puder ir ao evento procurar para ler:

  • A Insustentável leveza do ser, de Milan Kundera, que apresenta um romance marcado pelo universo da crise política representada pela Primavera de Praga, também adaptado para o cinema em 1988 por Philip Kaufman com (os jovens) Juliette Binoche, Daniel Day-Lewis e Lena Olin nos papeis principais. Dos livros indicados, confesso, o único que li e do qual gostei imensamente, me fazendo ler todos (os até então traduzidos para o português) escritos por Kundera. E no filme, vale prestar atenção à música dos Beatles em versão local…
  • O general do exército morto, de Ismail Kadaré (o mesmo autor de Abril Despedaçado), em que um general é enviado para a Albânia com a missão de desenterrar seus soldados mortos e restabelecê-los ao solo italiano, o que obriga-o a lidar com seus próprios fantasmas decorrentes de uma guerra perdida. O livro teve uma versão adaptada para o cinema, dirigida por Luciano Tovoli, em 1983, com os atores Marcelo Mastroianni, Anouk Aimée e Michel Piccoli.
  • Propaganda monumental, de Vladimir Voinovitch, em que uma veterana comunista soviética, ao demonstrar sua fé e paixão verdadeiras por Stalin e suas idéias, remonta um pouco da atmosfera tragicômica que marcou o fim do socialismo na União Soviética;
  • A Exposição das rosas, de Istvan Orkéni, na qual um diretor assistente tenta fazer carreira na televisão promovendo a espetacularização da morte através da filmagem dos últimos dias de pacientes desenganados.

A apresentação tem direção de Dorberto Carvalho, com os atores Evelyn Erika, Jorge Peloso, Keka Lascer , Maíra Leme em videoedição do grupo COMfluencia e música de Verlúcia Nogueira.

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline Estatísticas