Kikunokai traz coreógrafa de Sonhos


comentei aqui que Sonhos, de Akira Kurosawa, está entre meus filmes favoritos, no melhor estilo Top 10. Bem, no dia 26 um espetáculo trará a São Paulo uma das obras da coreógrafa do filme, Michiyo Hata. Ganhadora de vários prêmios, é membro da Federação Japonesa de Artistas Dançarinos e conselheira da Sociedade Japonesa de Dança. Por nove anos consecutivos, de 1997 a 2005, os membros do Kikunokai ganharam sucessivos prêmios na Competição Nacional de Dança, Divisão de Dança Japonesa, patrocinada pelo jornal “Tokyo Shimbun”.

Seu espetáculo que vem ao Brasil será apresentado no Teatro Alfa pela também premiada Companhia de Dança Tradicional Japonesa Kikunokai – que em 1976 foi agraciado com o prêmio artístico no Festival Cultural patrocinado pelo Ministério da Cultura do Japão, um dos mais importantes do País. 
Rodeado pelo mar pelos quatro lados, e com as quatro estações bem definidas, as canções e danças japonesas freqüentemente remetem à natureza. São inúmeras canções sobre a alegria das cidades, a degustação do saquê, a vida dos pescadores, a garra das mulheres, além de muitas canções de amor.

No Brasil, o Kikunokai deverá apresentar músicas e danças tradicionais, além de peças folclóricas de áreas rurais, todas encenadas com muito dinamismo e vigor, enchendo os olhos e o coração dos espectadores. (Nota do blog da redação do Abril no Centenário da Imigração)

De sua formação de dança clássica japonesa o grupo busca inspiração para criar suas apresentações no folclore, que no Japão têm grande influência do clima local, transformando e transportando esses elementos para o palco, de forma bem atual e criativa. A companhia se tornou uma propagadora da cultura nipônica.  O Kikunokai foi criado por Michiyo Hata em 1972. Hata estudou por muitos anos sob orientação de Onoe Kikunojo I, seguidor da Escola de Dança Onoe, fundada pelo grande ator de kabuki, Onoe Kikugoro VI.

Serviço:

  • Data: 26 de setembro às 21h
  • Local: Teatro Alfa, rua Bento Branco de Andrade Filho, 722, Santo Amaro, São Paulo, SP
  • Ingressos: R$ 40,00. Estudantes, professores da rede estadual, aposentados e idosos acima de 60 anos, menores de doze acompanhados, mediante apresentação de documento identificação, têm direito a 50% de desconto no valor do ingresso
  • Platéia: 1.100 lugares
  • Estacionamento: Valet R$ 20,00 – Self R$ 10,00
  • Ingressos: Bilheteria do Teatro Alfa: 5693-4000 | Comercial Akashi 3208-1833 | Ingresso Rápido 4003-1212


Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook