destaque / mobilidade

Apesar de tantas discussões sobre o uso do carro e a sustentabilidade, da sincera militância Sam por alternativas à corrida maluca para ir e voltar ao trabalho todo dia, nós temos carro para atender à família, gostamos muito de viajar com ele (estamos até lançando no mês que vem um projeto sobre nossas roadtrips, o #kmdefamilia) e por isso mesmo buscamos sempre alternativas que sejam boas para todos, no melhor modelo “ganha-ganha”, no qual o consumidor, a indústria, a comunidade e o planeta podem ser beneficiados.

Com esta visão de mundo, viajamos para a Bahia a convite da Ford do Brasil, para visitar o complexo industrial de Camaçari, situado na região metropolitana de Salvador, e participar da apresentação do Ka Concept.

Hoje o @avidaquer está em Camaçari, BA, conhecendo a unidade fabril da Ford e acompanhando um novo lançamento com princípios mais sustentáveis da marca. Em breve nosso representante lá, @gnsbrasil, contará por aqui o que viu e ouviu deste encontro com Bill Ford, presidente do conselho mundial da Ford. Siga no instagram do blog os updates da visita e encontro: instagram.com/avidaquer. #KaConcept #FordBR

O evento contou com a presença de autoridades como do Governador Jaques Wagner, do Ministro da Indústria e Comércio, Fernando Pimentel e dos Transportes, César Borges, além do próprio Presidente do Conselho Mundial da empresa, Bill Ford, que antecipou o lançamento do carro, que ganhou nome provisório enquanto espera por seu possível lançamento em escala comercial.

O modelo reúne os conceitos da “One Ford”, que pretende unificar internacionalmente seus veículos através de diretrizes de designer e padrão de qualidade como marca registrada da indústria, cujo nome é sinônimo mundial de carros e de um modelo de produção industrial.

A ideia do Ka Concept é desenvolver produtos que atendam a grade demanda por veículos compactos, segmento que deverá crescer para cerca de 6,2 milhões de veículos até 2017 (um aumento de 35% no período de 5 anos), superando em 12% a taxa média de crescimento da indústria automotiva.

Incluindo itens normalmente reservados para veículos mais caros - ar-condicionado mais eficiente e uma série de tecnologias úteis, como um compartimento central para o encaixe de celular e outros dispositivos móveis (além de um sofisticado sistema de conectividade), os designers trouxeram conceitos de carros mais luxuosos para este que é conhecido como um dos “carros de entrada” mais vendidos no Brasil.

Incluindo itens normalmente reservados para veículos mais caros – ar-condicionado mais eficiente e uma série de tecnologias úteis, como um compartimento central para o encaixe de celular e outros dispositivos móveis (além de um sofisticado sistema de conectividade), os designers trouxeram conceitos de carros mais luxuosos para este que é conhecido como um dos “carros de entrada” mais vendidos no Brasil.

A promessa também foi por liderar em economia de combustível na sua categoria popular. Olhando as características externas o veículos, nos foi passado que “incorpora muitos elementos da linguagem global da Ford, incluindo a grade dianteira trapezoidal e o trabalho apurado de superfície, que refletem o DNA da nova geração de veículos globais da Ford. O capô vincado transmite eficiência e precisão. Os faróis oblíquos denotam uma proposta arrojada e contribuem para o alongamento visual da carroceria. A lateral exibe vincos ascendentes que criam a sensação de movimento. A linha do teto avança na traseira até o aerofólio incorporado à tampa do porta-malas, com lanternas amplas e linhas que ajudam a criar uma aparência robusta”.

Sob o meu ponto de vista, voltei da Bahia com o sentimento de que a Ford, como uma das maiores indústrias automotivas do mundo e precursora das demais, está buscando novos rumos, numa estratégia agressiva de retomar a dianteira frente ao grande número de opções no mercado, principalmente como a entrada de veículos chineses recheados de opcionais e preços atraentes.

Tive a oportunidade de questionar diretamente ao pessoal de marketing sobre a grande diferença de preço dos veículos no mercado brasileiro se comparados a outros mercados como o americano e percebi que existe uma tendência de queda, uma vez que me responderam que na composição de valores depende de escala de produção e da carga tributária, ou seja, pelo menos no quesito escala de produção temos uma esperança.

Leia também aqui no @avidaquer: Testamos o conforto ecologicamente correto do Novo Ford Fusion Hybrid (por @danilogordo do @autozine)

 

gnsbrasil perfil

Guilherme Nunes da Silva (@gnsbraisl) é administrador, empreendedor na Otagai Produtora em Mídias Sociais, apaixonado pela gastronomia e blogueiro no Conversas de Cozinha, pai de Enzo, Giorgio e Manuela, São-paulino, nascido em SC e mooquense por amor.

*para quem não lembra, Sam esteve no debate do Dia Mundial Sem Carro, onde propôs alternativas, como incentivos fiscais trabalhistas para empresas que contratem trabalhadores da região, bem como a ampliação do trabalho remoto, com menos deslocamento casa-empresa, para citar apenas duas alternativas que melhorariam o trânsito nas cidades médias e grandes.

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Empreendedor na Otagai Produtora em Mídias Sociais, apaixonado pela gastronomia e blogueiro no Conversas de Cozinha, pai de Enzo, Giorgio e Manuela, casado com @samegui, São-paulino, nascido em SC e mooquense por amor.

Comentários no Facebook

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline Estatísticas