entretenimento


Neste ano conheci uma pessoa que pretende ganhar o Prêmio Jabuti, o poeta Rodrigo Capella . Achei interessante, porque, apesar de ser um prêmio tão importante e ligado à minha área (cultura), eu não ligo muito para o Jabuti até ver os resultados.

Como contei aqui já são mais de 2 mil inscritos nas vinte categorias, o que supera as publicações do ano passado. Será sinal de bons tempos no mercado editorial brasileiro?

Funciona assim: por estes dias os jurados receberão a lista final de inscritos e os livros para avaliação. No dia 28 de agosto acontece a primeira sessão pública para seleção das publicações mais votadas pela comissão julgadora. Uma segunda sessão pública ocorre no dia 23 de setembro. O regulamento diz que os vencedores só serão conhecidos na cerimônia de entrega das estatuetas, a ser realizada na Sala São Paulo, no dia 31 de outubro. A premiação total do Jabuti 2008 é de R$ 120 mil, sendo R$ 3 mil para cada um dos vencedores das 20 categorias. Os autores dos melhores livros do ano de Ficção e Não-Ficção recebem R$ 30 mil cada um.

Para comemorar os 50 anos a Câmara Brasileira do Livro (CBL) vai fazer uma exposição retrospectiva na 20ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo (que já falei aqui, acontece de14 a 24 de agosto no Pavilhão de Exposições do Anhembi e é imperdível!).

“Nesses 50 anos, o Jabuti transformou-se num espaço democrático para promoção do que há de melhor na cena literária brasileira, divulgando grandes escritores e lançando aqueles que ainda não são conhecidos do público. O Jabuti é um autêntico patrimônio cultural brasileiro, reconhecido por todos que têm no livro um objeto de paixão. Por isso, merece uma grande comemoração”, ressalta Rosely Boschini, presidente da Câmara Brasileira do Livro.

Ao longo desses 50 anos, o Jabuti passou por uma série de mudanças. Nos primeiros anos, tudo era mais informal: não havia premiação em dinheiro e os jurados eram voluntários. Do começo dos anos 1990 para cá, surgiram várias novidades: o júri passou a ser remunerado e o nome de seus membros só é divulgado na noite de entrega das estatuetas; a apuração dos votos acontece em sessões abertas ao público e à imprensa. Além disso, foi implementada a inscrição on-line, que dinamizou os processos em todas as etapas, e criou-se o Guia de Orientação aos Jurados, que indica os parâmetros de avaliação e pontuação.

“Essas mudanças aumentaram ainda mais a credibilidade do Prêmio junto ao mercado, o que pode ser visto pelo número de inscritos em 2008. Nada melhor do que chegar aos 50 anos com o reconhecimento do mercado editorial e dos autores”, destaca José Luiz Goldfarb, curador do Prêmio.

O Jabuti foi criado em 1958 por Edgard Cavalheiro, então presidente da Câmara Brasileira do Livro (CBL), com o objetivo de prestigiar e difundir o trabalho de escritores, editores, livreiros, ilustradores e gráficos, nos moldes do que se fazia em vários países da Europa. O jabuti é um animal que se caracteriza pela paciência e tenacidade, por isso foi escolhido para simbolizar a atividade dos nossos profissionais do livro.

A primeira cerimônia de entrega do Prêmio Jabuti aconteceu no fim de 1959, no auditório da CBL, e Jorge Amado foi o vencedor, com o romance “Gabriela, Cravo e Canela”. Nesses 50 anos, o Jabuti recompensou autores como Carlos Drummond de Andrade, Ferreira Gullar, Celso Furtado, João Cabral de Melo Neto, Nélida Piñon, João Ubaldo Ribeiro, Ruy Castro, Milton Hatoum, Lygia Fagundes Telles, Cecília Meirelles, Otto Maria Carpeaux, Celso Lafer, Gilberto Freyre, Dalton Trevisan, Antonio Candido, Cassiano Ricardo, Milton Santos, Ruth Rocha, Haroldo de Campos, Raduan Nassar, Paulo Duarte, entre muitos outros.

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline Estatísticas