entretenimento

ser jovem na franca

Será que os jovens são iguais no mundo todo? Quando vemos filmes americanos achamos que sim, não é mesmo? Uma exposição da Caixa Cultural (Praça da Sé, 111, São Paulo, SP), que começou pelo Rio, está agora em São Paulo e segue para Brasília, mostra o que é ser jovem na França. Com obras de consagrados fotógrafos – como Martin Parr, Marie-Paule Nègre e Marc Riboud – e jovens artistas cujo trabalho está ligado à maneira de viver da juventude francesa atual, a a exposição “Ser Jovem na França” é parte do Ano da França no Brasil.

Com curadoria do fotógrafo brasileiro Milton Guran, a exposição apresenta 109 obras de 28 renomados fotógrafos do acervo do Fundo Nacional de Arte Contemporânea da França. As obras retratam a juventude francesa, sua maneira de ser, seus caminhos e descaminhos e se caracterizam por uma linguagem atual e instigante, situada, em sua maioria, no campo da arte contemporânea, no que se convencionou chamar de a nova documentação”. A entrada é franca.

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline Estatísticas