cultura web / empreendedorismo
[update] O nono dígito será acresentado nos telefones móveis das áreas de registro 12, 13, 14, 15, 16, 17, 18 e 19 (Estado de São Paulo) a partir de 25 de agosto de 2013. O comunicado também agenda para o dia 27 de outubro a inclusão do nono dígito nos celulares das áreas 21, 22 e 24 (Estado do Rio de Janeiro) e 27 e 28 (Espírito Santo).
[/update]

Eu morava no Japão quando, há mais de uma década, o Brasil passou a ter concorrência na área da telefonia e as pessoas passaram a escolher qual operadora seria contratada para suas ligações com DDD e DDI. Pelo que lembro de acompanhar nos portais de internet, foi um caos. Mas saímos ganhando. Ainda engatinhamos na concorrência saudável nos serviços por aqui – casos como as proibições de venda de novos chips de celular nos mostram que podemos melhorar muito – mas já temos escolha.

Foi justamente esta possibilidade de escolher e o barateamento dos serviços de telefonia móvel ou fixa que causaram o inchaço que determinou o aumento de um número nos telefones celulares em São Paulo. Tem gente culpando a classe C, que usa mais de um chip para pagar menos nas ligações, aproveitando promoções das operadoras, mas o fato é que hoje cada dia menos gente vive sem celular e todos nós estamos inflando este mercado.

O preâmbulo foi para contar como cheguei ao aplicativo 9 dígitos. Quando soube da mudança nem pensei em atualizar as centenas de contatos do meu celular na mão! Já pensaram quanto tempo literalmente perdido? Mas também não queria me sentir insegura, afinal, o aplicativo que eu escolhesse teria acesso a todos os meus dados, um dos bens mais preciosos que temos, afinal, o capital humano que temos é o que mantém os trabalhos hoje em dia, não é mesmo?

Por sorte, antes de escolher, vi um tuite do amigo Alexandre Fugita contando da aprovação de seu aplicativo na Apple Store. Baixei na hora, sem titubear, pois conheço Fugita há muitos anos, lia o blog Techbits e sei da sua seriedade, conhecimento e competência no universo das novas tecnologias.

Em instantes minha agenda de contatos estava atualizada, atividade que me tomaria horas se fosse manual. Recomendo inclusive para quem não é de São Paulo (DDD 11) e tem muitos contatos desta cidade, pois o sistema considera seu DDD de origem e seleciona os que são 11. O app está disponível na App Store e é super simples de usar, como mostram este tutorial e as perguntas frequentes.

Aproveitei e fiz uma pequena entrevista, por e-mail, com o autor e soube detalhes da parceria que começa no mercado de aplicativos móveis, contando com o trabalho de seu irmão Newton, que é designer.

Como foi este ressurgimento do Techbits?
Então, o “ressurgimento” do Techbits veio por outra forma, vamos assim dizer. O meu objetivo esse ano é desenvolver um negócio próprio e que seja próspero. E como programar sempre foi uma paixão (aprendi a programar com 10 anos de idade!), nada mais natural que explorar o mercado mobile, em plena expansão.
E o 9 dígitos, quando surgiu?

A ideia do app surgiu há uns 3 meses. De lá pra cá o primeiro mês foi de estudos e testes, o segundo mês de quebrar a cabeça e muito aprendizado no estilo “pqp, era isso?”. O terceiro e último mês foi de espera pela aprovação da Apple. Foi complicado pois o processo deles é demorado. Uma semana depois do primeiro envio, ainda com o app não revisado por eles, descobri um bug grave. Reenviei e fui pro final da fila 🙁 Depois uma semana e meia veio o email da Apple dizendo que o app não foi aprovado por um problema. Revisei e reenviei e finalmente, uma semana e meia depois (ontem) o app foi aprovado, ufa!

Por que não começar com uma versão gratuita?
Alguns questionaram o porquê de cobrar pelo app. Bom, trata-se de um incentivo ao desenvolvedor para que o app seja mantido, atualizado, corrigido, etc… A minha ideia é que o app seja atualizado para todo o processo de migração para 9 dígitos que vai ocorrer no Brasil nos próximos anos (parece que até 2014). Esse incentivo do app pago ajuda a manter essa meta.

Ontem [no mesmo dia do lançamento] mesmo corrigi um bug que afeta uns poucos usuários. Um amigo que comprou o app e que apresentou o bug veio aqui à noite e ficamos até umas 23h destrinchando o problema. Resolvido \o/

Trabalhar em família funcionou bem?
O 9 Dígitos foi desenvolvido em conjunto com meu irmão, Newton Fugita. Ele é designer, nunca tinha feito interface mobile, mas nós dois aprendemos muito e descobrimos que a simplicidade é complexa 🙂

Vai ter versão Android?
Eu comecei a estudar e fazer para Android também. Mas não consegui terminar o app ainda e creio que não conseguirei a tempo para o dia 29/7.”O meu sonho é esse app abrir as portas para o mercado mobile.”

Torcemos para que tudo dê certo!

Queridos leitores, se vocês também desenvolvem projetos para dispositivos móveis, Facebook, Twitter ou tablets, coisas que tratem das novas mídias? Contem para nós! Quero muito poder divulgar estes novos empreendimentos por aqui!

E se você não desenvolve, mas adora aplicativos e sempre está testando um novo no seu celular ou tablet, faça contato por e-mail e mande seu review para publicarmos!

Posts relacionados

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline Estatísticas