cidadania / destaque / empreendedorismo / social good

Antes de sair pro primeiro dia do Seminário Social Good eu comentei que a melhor parte desses eventos é desvirtualizar pessoas. Junte isso à chance de reunir figuras diferentes em conversas informais que acrescentam de verdade.

Isso é o uso de tecnologias de conectividade usadas pro bem social!

Almocei com Roberto Agune que participou do painel que fecha o primeiro dia de Social Good Brasil, “Inovando em governo: mudando a gestão pública de dentro para fora“.

Foi interessantíssimo conversar com ele, que estudou na Mooca e mora na Vila Madalena. Estamos ambos em dois bairros ímpares da cidade de São Paulo por alguns motivos que escondem coisas que os cidadãos precisam e que os governantes também: pertencimento, empoderamento e identidade. 

Três princípios norteiam o trabalho dele:

– Um governo único para um cidadão único

– Governo como plataforma 

– Governo hiperlocal

  
Fiquei curiosa com o livro “Dá pra fazer“, um e-book gratuito que traz o relato experimental da equipe da Assessoria de Inovação em Governo (iGovSP) que orienta os gestores públicos sobre o tema, desde a fundamentação e motivos para inovar em governo até a apresentação de métodos e alternativas para iniciar o processo de mudança no setor público.

E vou acompanhar o pitchgov.sp.gov.br que no dia 17 de novembro reunirá iniciativas inovadoras para solução dos desafios da administração pública.

Acredito que iniciativas assim fazem o cidadão assumir um novo papel no governo.

Em um momento de crise política no Brasil, onde as multidões clamam por um novo modelo de gestão pública, a inovação e o comportamento empreendedor aparecem como alternativa para realizar mudanças efetivas de dentro para fora: “hackear” o sistema para uma administração mais eficiente e participativa. 

Preparar lideranças políticas mais alinhadas com um novo modelo de poder mais distribuído e democrático é necessário. Quem já está inovando neste ambiente tradicionalmente burocrático?

Além de Roberto Agune (iGov), participam deste painel Joice Toyota (Vetor Brasil), Cristiano Ferri (Laboratório Hacker da Câmara dos Deputados) e André Tamura (WeGov), figuras pás acompanharmos! 

😉

The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline Estatísticas