#ImaginaJuntas Você está pronta para acolher quem você ESTÁ hoje?

vait_mcright / Pixabay

Sempre acreditei na vida junto. Nada do que fiz de valioso na vida foi sozinha e eu, desde a mais tenra idade, sem nem conhecer essa palavra, me considerava um “ser gregário”.

Desde as reuniões na Cruz Vermelha no Grupão, o tanto que puxei pro Interact amigos no Ensino Médio, as pessoas que estão comigo no A Vida Quer e Mãe Com Filhos, projetos que eu poderia ter sozinha e faço questão de ter em grupo.

Assim, há 6 anos, num dia de julho Fernanda me presenteou com Guta, que descobri que era amiga de Ana Maria, que Ale Rocha me deixara de herança, meus filhos me trouxeram Raquel e por um convite delicioso da Nay eu e Ana juntamos essas mulheres para convidar todas as mulheres maravilhosas da nossa teia para uma roda de conversa na qual vamos nos acolher, aceitar, receber e reunir juntas, horizontalmente, sem mediação nem medidas, num lugar inovador e lindo como esse mundo que eu sonho e no qual acredito, onde as pessoas se ajudam e basta falar #ImaginaJuntas para as mudanças começarem a se concretizar.

Vem com a gente! Inscreva-se gratuitamente aqui.

Ana e eu estamos lançando um movimento lindo na sexta de manhã, das 9h às 11h, no Inovabra Habitat, que fica (literalmente) do lado do metrô Estação Consolação.

A iniciativa tem por objetivo promover diálogo entre as mulheres com foco em seu papel, suas condições e conquistas no cenário atual da sociedade com o objetivo de reconhecer a diversidade e a força da mulher quando ela se reconhece naquilo que ela “está” hoje. Sem culpas. Sem neuras. Sem padrões a serem cumpridos.

As mulheres normalmente evitam tomar a frente, expor suas decisões e argumentar com base em fatos.

No geral são acondicionadas a obedecer, acatar as situações impostas em suas vidas pessoais e profissionais, mas nem sempre isso reflete seus sentimentos e desejos.

Imagina Juntas é um movimento que pretende fomentar um coletivo de mulheres que acreditam numa realidade diferente: uma realidade em que somos mais fortes ao reconhecermos nosso direito de realizar escolhas pessoais e onde a competição dê lugar a união.

Vamos falar sobre parcerias, sororidade na prática e como o mundo pode ser melhor quando as mulheres se apóiam e caminham juntas.

Abordagens:

➔ Planejamento: As mulheres sofrem por antecipação. Como o planejamento pode mudar essa situação?

➔ Joio do trigo: Separar problemas físicos, emocionais e profissionais. Como identificar os gatilhos que desencadeiam suas reações?

➔ Síndrome do impostor: A mulher não precisa se sentir culpada por estar participando de um contexto e tem direito a um lugar de fala.

➔ Direito ao Acolhimento, Respeito e Segurança para ser o que quiser.

Necessidades:

➔ Caminho do meio: Como ser várias mulheres acolhidas em nossas realidades.

➔ Não! O direito ao não e a consciência de que não é preciso se justificar.

➔ Acolhimento: Precisa estar pronta para acolher outras mulheres.

➔Convergência: O que temos em comum independente de quem somos ou de onde viemos.

 

Sobre as palestrantes:

Sam Shiraishi é jornalista, fundadora da otagai.com.br e blogueira no avidaquer.com.br e maecomfilhos.blog.br. Ativista digital apoiando causas como empoderamento feminino e uso de tecnologias para o bem social. Com mais de dez anos de experiência no desenvolvimento e implementação de projetos que geram conexão entre mundo corporativo, terceiro setor e influenciadores digitais.

https://www.instagram.com/p/BfzP8FpgfX3/?taken-by=samegui

 

Ana Maria Coelho é graduada em Pedagogia e Jornalismo. Profissional com ampla e experiência em gestão de equipes multidisciplinares atuando nas áreas de Recursos Humanos, Planejamento, Inovação, Responsabilidade Social e Relacionamento Institucional. Além dos trabalhos corporativos atua como coach, redirecionando carreiras e profissionais.

Maria Augusta Orofino é graduada em Propaganda e Marketing e Mestre em Gestão do Conhecimento com cursos de extensão realizados na Duke University e UC Berkeley – USA e Universidade de Barcelona. Empresária, palestrante , consultora organizacional e facilitadora de workshops e treinamentos empresariais em todo o Brasil e no exterior nas áreas de Inovação, Modelos de Negócios, Design Thinking e Organizações Exponenciais, tendo capacitado mais de 10 mil pessoas nos últimos 7 anos. Professora da ESPM, FGV, HSM e SENAC.

Raquel Braga é cantora, compositora e educadora. Graduada em Pedagogia com licenciatura em Música e é pós-graduada em educação musical e contação de histórias, além de atuar como pesquisadora na área de educação e cultura popular.

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.