a vida quer / bem estar / destaque / empreendedorismo

  
Que bonito!

Ikigai (生 き 甲 斐) é um conceito japonês que significa “a razão de ser”. 

Na cultura japonesa, todos temos uma ikigai escondida. É a razão de ser de cada um e encontrá-la exige uma análise profunda e prolongada de si mesmo, num processo que é considerado muito importante. 

Acredita-se que a descoberta de um ikigai traz satisfação e sentido à vida. 

Este algo pode ser bem específico e significativo particularmente como um hobby, um relacionamento, um projeto ou algo que te encanta e motiva.
A equipe do pesquisador Toshimasa Sone desenvolveu um estudo na Universidade de Tohoku, em Sendai, para avaliar a relação entre viver com sentido e longevidade. Eles acompanharam 43 mil adultos japoneses por sete anos. Os pesquisadores descobriram que os indivíduos que acreditavam que sua vida valia de ser vivida, que encontravam uma razão no viver, apresentaram menor probabilidade de morrer mais cedo que os demais.

Parece pouco prático e quase onírico?

Muitas pessoas que buscam auxílio psicológico, psiquiátrico ou de um mentor espiritual estão na verdade em busca de um sentido em suas vidas.

O cientista Viktor Frankl denominou este fenômeno de vazio existencial, ou seja, a angustia de não ver sentido na própria vida. Ele publicou um estudo com prisioneiros em campos de concentração que descobriu que aqueles que tinham um forte sentido para viver foram os que sobreviveram, para o Dr. Frankl eles sobreviveram porque acreditavam que tinham algo importante a realizar.

O mesmo ocorre com pacientes de câncer que têm melhor sobrevida quando encontram sentido nas coisas que tem a realizar. De seu trabalho nasceu a logoterapia, “logos” que em Grego significa “sentido” ou “meaning” em inglês.

E como ajudar as pessoas a acharem seu ikigai?

Um bom começo é estar ao lado da pessoa e auxiliá-lo a encontrar o seu sentido particular de viver, a descobrir quais coisas são importantes para cada um.

🙂

Sobre as pesquisas citadas: 

* Viktor Frankl. Man’s Search for Meaning, Part One, “Experiences in a Concentration Camp”, pages 56-57 in the Pocket Books edition; ISBN 13: 978-0-671-02337-9

*Toshimasa Sone et all.Sense of Life Worth Living (Ikigai) and Mortality in Japan: Ohsaki Study. Psychosomatic Medicine 70:709-715 (2008)
(Imagem via #mundocogumelo)


Estatísticas