5 dicas para construir a identidade do seu blog

social_iconssocial_icons

Um dos objetivos que tenho aqui no @avidaquer desde que comecei a atuar em mídias sociais é dar dicas para quem não é da área de comunicação a construir sua identidade e reforçar sua marca. Acredito sinceramente na força do midialivrismo, em especial dos projetos de pessoas incríveis que costumo apresentar aos meus clientes da Otagai como “influenciadores digitais”, que merecem cada vez mais destaque e espaço na internet por seu conteúdo diferenciado, autêntico, de qualidade e de utilidade pública.

Parece simples, mas é exigente e sério. E deve ser praticado todos os dias, sem cansaço, mas com planejamento e cuidado.

Achei aqui um começo interessante, com 5 dicas para construir a identidade visual da sua marca.

1. Mantenha a marca consistente em todas as plataformas
2. Esteja ciente das melhores práticas em cada plataforma
3. Mantenha a foto do perfil simples e consistente
4. Mantenha o perfil atualizado
5. Utilize espaços de forma criativa

Em primeiro lugar, vale reforçar que a qualidade do conteúdo é essencial construir audiência.

Virais ajudam, falar dos assuntos do momento também, mas o que conta é ter fundamentação e afinidade real com aquilo que nos propomos a falar.

Quando eu comecei a blogar, em abril de 2005, parecia estupidez falar de “consumo de cultura em família”. Hoje está na moda ter “blog de mãe”. Nos meus primeiros posts sobre “slow food”, a comida parecia uma coisa distante, tanto quanto era dedicar espaço para falar de saúde quando meu professor orientador de telejornalismo da UFPR fez piada do nosso TCC sobre doenças ocupacionais em 1996. Hoje temos programas ótimos sobre o tema. Educação já foi tema batido, cansativo, hoje com as novas tecnologias é um assunto em voga, que cada vez mais permeia o universo digital, assim como a sustentabilidade cotidiana, com gente como o grafiteiro Mundano criando um aplicativo para celular para os catadores de papel serem acionados por nós, como um “99taxis/easytaxi”. 

Mas além do conteúdo de qualidade e autêntico, dentro do que acreditamos e entendemos, tem um lado visual que conta muito.

Eu procuro colocar imagens em todos os posts, notaram?

Imagens e cores são os primeiros elementos a serem notados antes do texto em si. Algumas redes sociais, como Facebook, Twitter e YouTube, já promoveram uma série de mudanças no design que permitem aos usuários personalizarem suas páginas.

Por isso estas dicas visuais me pareceram um bom começo para falar sobre o fortalecimento da marca dos blogs.

1. Mantenha a marca consistente em todas as plataformas. Apesar de o conteúdo criado para o Twitter ser diferente daquele produzido para o Facebook ou Instagram, o aspecto visual deve permanecer o mesmo, passando uma imagem consistente para que o público possa identificá-la claramente. Aliás, facilitar o contato também ajuda: muitas vezes deixamos de incluir blogs e influenciadores nas nossas ações pela dificuldade de contatar os responsáveis.

2. Esteja ciente das melhores práticas em cada plataforma. Apesar de Facebook, Twitter, YouTube, Instagram e Pinterest serem todos plataformas sociais, cada um atrai um público diferente, daí a necessidade de ajustar o conteúdo quando se quer usar vários canais. Especialistas sugerem algumas regras gerais. No Instagram, utilize imagens e vídeos simples, como uma pequena demonstração de um produto, por exemplo. Selecione imagens compartilháveis no Pinterest que podem ter diversas interpretações, como receitas ou artigos artesanais, com fotos atrativas.Utilize imagens grandes que possam se destacar no feed de notícias do Facebook, como uma promoção ou um pôster de evento. Priorize links factuais ou de menor importância no Twitter, como um artigo sobre um evento que aconteceu na noite anterior, uma vez que a função da plataforma é atrair cliques.

3. Mantenha a foto do perfil simples e consistente. A imagem de perfil de qualquer mídia social é o elemento mais visível pois aparece nos feeds dos seguidores, no resultado de busca, nos comentários, e assim por diante – e por isso deve ser muito bem planejada e simples o bastante para se ajustar a qualquer tamanho, sem comprometer o design. Ao visualizar a foto do perfil, os seguidores devem facilmente reconhecer a marca. A atenção do leitor deve ser direcionada ao conteúdo, sem que ele se distraia com uma imagem muito chamativa ou complicada, bem como as que exigem a tela grande de um computador para serem “entendidas” por conta dos detalhes pequenos.

4. Mantenha o perfil atualizado. Creio que aqui mora o segredo. Há pouco tempo fiz uma curadoria de blogs maternos para o lançamento de uma marca. Quem tinha posts próprios, com conteúdo interessante, pesou. Mas valeu mais saber quem levava o blog a sério, postando com alguma regularidade. E o que é regularidade? Pelo menos 4 posts por mês – um por semana – me parecia uma medida de quem leva aquele espaço a sério, que se dedica com uma constância ao blog. Comercialmente se sugere 2 posts por semana, mas eu entendo que um seria uma medida mínima razoável.

5. Utilize espaços de forma criativa. Aqui entra o diferencial de cada um, né? Creio que quando a gente se propõe a ser produtor de conteúdo, tem alguma criatividade, embora nem todos os blogueiros tenham necessariamente um lado visual tão forte ou habilidade  para sintetizar suas ideias em poucas palavras para ser atraentes em mídias mais visuais. Mas o bom conteúdo, creio, reina, e serra divulgado e compartilhado se for bem recebido pelo leitor.

IMG_9962.JPG

E uma dica (pedido?) para quem não tem blog, mas gosta de ler e quer continuar tendo este conteúdo gratuito: pague com divulgação. Isso mesmo: gostou do que leu? Curta os canais. Faça um “tuite”, compartilhe no Facebook, mande no Google+, indique no Instagram. Assim o blogueiro tem métricas (números) para mostrar aos patrocinadores e poderá continuar se dedicando a você, leitor, todos os dias.

🙂

Aproveite e veja se já nos segueVeja os nossos canais:

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook