Hoje, de 20h30 às 21h30, apague as luzes para ver um mundo melhor #horadoplaneta


“Promovida pela WWF, organização não-governamental dedicada à conservação da natureza, a “Hora do Planeta” convida a população a apagar as luzes durante uma hora como forma de protesto contra o desmatamento e as mudanças climáticas.”

Parece que foi ontem e já é novamente hora de apagar as luzes pelo planeta. Nesta edição do movimento “Hora do Planeta” eu não poderei atender porque estarei no meio da comemoração do casamento de um primo do Gui, mas em pensamento estarei com todos que se envolverão com a ideia de fazer uma manifestação silenciosa demonstrando nossa preocupação com o planeta. É bem simples aderir: basta hoje, das 20h30 às 21h30, apagar as luzes e mostrar para os líderes mundiais uma real preocupação com o aquecimento global.

Soube que a FAAP (Fundação Armando Álvares Penteado) marcará a data com uma ação desenvolvida pela equipe de projetos especiais do Estadão: uma intervenção total na home page do portal Estadão.com.br. Segundo os organizadores, a ação “extrapola os limites da mídia, terminando em uma experiência única de projeção mapeada 3D na fachada do prédio da FAAP”. Antes da hora do Planeta, na abertura do evento, haverá a projeção de um vídeo em 3D que também será “viralizado” depois nas principais redes sociais, logo em seguida as luzes da fachada do prédio que abriga o Museu de Arte Brasileira serão apagadas às 20h30.

Chamada de “projeção mapeada”, a tecnologia criará ilusões visuais por meio da projeção de imagens em superfícies variadas e complexas, sem distorções, criando uma tela na fachada para a projeção mapeada em 3D, tudo graças a um cáculo de todas as suas curvas e saliências.

E para quem se preocupou com o gasto disso tudo, a FAAP se comprometeu com a economia substancial de energia para repor todo gasto do evento. O evento é apenas parte de várias ações que a FAAP fará para conscientizar seus alunos sobre a importância de se promover o desenvolvimento sustentável, além de incentivar a produção de trabalhos acadêmicos sobre o tema.

“O evento teve sua primeira edição em 2007 e, este ano, o Brasil participa pelo terceiro ano consecutivo. Em 2010, a Hora do Planeta reuniu mais de um bilhão de pessoas em 4,2 mil cidades, em 125 países. Monumentos como Cristo Redentor, Torre Eiffel, London Eye, Fontana de Trevi e Empire State foram alguns dos 1.383 ícones que ficaram no escuro por 60 minutos. A expectativa é superar a marca de 2010, com mais de um bilhão de pessoas aderindo à campanha.”

E você, topa apagar as luzes como manifesto pelo futuro do Planeta? E o que mais você aceitaria fazer?

Parece pouco apagar as luzes por uma hora, mas, como disse ano passado, acredito que quem participar o fará porque quer realmente mudar algo em sua rotina. Optar por iluminação natural, lâmpadas econômicas, apagar as luzes quando não são necessárias, evitar o abre-e-fecha de geladeira, não deixar equipamentos em stand by (eu uso filtros de linha para ajudar nisso). É nas pequenas atitudes que mostramos nosso cuidado, não é mesmo? Se cuidamos de pequenos detalhes na decoração da casa, na nossa aparência, no relacionamento com o ser amado, por que não cuidar também no relacionamento com a “nossa casa” coletiva, o planeta?

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook