Hoje é dia de #SOPA

20120118-094303.jpg

No final do ano, hospedada na casa de primos do meu esposo, me vi diante de uma estranha situação: tive que explicar porque tinham tantos livros na estante do corredor deles. O volume imenso era de boas enciclopédias que, pelas datas dos”Livros do ano” (exemplares publicados anualmente para fazer o update das informações que se alteravam), devem ter acompanhado a vida escolar dos três filhos do casal.

Para meus meninos, que viajavam com seus iPods Touch e um o Galaxy Tab com 3G, aquela realidade era muito estranha, mas também curiosa. Um mundo no qual as informações são controladas por poucos e que não estão ao alcance das mãos ou toque dos dedinhos rápidos que encontram tudo na Wikipédia é um conto de terror.

20120118-094339.jpg

Graças ao compartilhamento de notícias na internet o conhecimento passou a ser um direito verdadeiro, ao qual todos têm acesso. A forma como as informações são compartilhadas é, não raro, um tema a ser discutido, mas não concordo que seja criminalizado. Mas a discussão (da qual tratei aqui quando resenhei o livro “O culto ao amador – como blogs, MySpace, YouTube e a pirataria digital estão destruindo nossa economia, cultura e valores“, de Andrew Keen) está em voga neste 18/01/2012 quando começam os debates estadunidenses sobre o projeto de lei SOPA (Stop Online Piracy Act) e PROTECTIP (Preventing Real Online Threats to Economic Creativity and Theft of Intellectual Property Act). Se forem aprovadas, muitos acreditam que elas irão destruir a liberdade que possibilitou a Wikipédia (e a internet como conhecemos) ser o que ela é hoje.

Não estou defendendo a pirataria, menos ainda o uso indiscriminado e desonesto de produtos culturais de outros, mas creio que todos podemos aproveitar esta oportunidade e pensar sobre a realidade que nos envolve cotidianamente e pensar coletivamente como podemos compartilhar conhecimento de forma ética, democrática e livre usando os meios eletrônicos.

E para quem quiser saber mais, indico a leitura de Mais de 10 mil sites se somam a protesto contra lei antipirataria, Tudo que você precisa saber sobre o #SOPA e Saiba como os projetos de lei americanos SOPA e PIPA podem acabar com a internet. Aqui no @avidaquer também tem alguns links sobre o debate, que não é novo, mas continua atual.

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook