Como garantir a hidratação no alto verão? #vivapositivamente com José Rubens D’ Elia e Flavio Canto

Você sabia que a maioria das pessoas supre 80% das necessidade de líquidos com bebidas e 20% com alimentos? Costumamos atender às necessidades de hidratação indicadas através da da sensação de sede com água, mas na verdade todo tipo de bebida serve para repor os líquidos gastos durante o dia. O essencial é escolher bebidas que se ajustem ao seu nível de atividade e estilo de vida.


Em 2013 começamos uma série de encontros de saúde e qualidade de vida para reunir os blogueiros que fazem parte da rede Viva 2.0 e especialistas na área de atividade física e saúde. Há um ano conversávamos com o professor-titular de Nutrição da Universidade de São Paulo (USP), Antonio Herbert Lancha Junior, professor livre-docente em Nutrição Aplicada a Atividade Motora pela Escola de Educação Física e Esporte da Universidade de São Paulo. Ele conquistou a plateia de blogs com suas afirmações de que podemos nos reidratar ingerindo muitos líquidos, não só a água, defendendo a tese de que todas as bebidas são importantes para a hidratação do organismo, especialmente no verão e inclusive as que contêm açúcar e/ou carboidrato.  vai além nesta colocação:

“Quando consumimos um suco ou um refrigerante, por exemplo, também estamos hidratando o corpo. A glicose presente nessas bebidas vai ser incorporada ao tecido muscular e ajudará a potencializar a hidratação.”

IMG_0963.JPG

E nesta segunda-feira, 24/11/2014, nossa conversa sobre Hidratação é com José Rubens D’ Elia, formado em Educação Física e bacharel em Administração de Empresas, pós-graduado em Fisiologia do Exercício pela Unifesp, Treinamento Esportivo e administração esportiva pela USP. Com mais de duas décadas de trabalho na área de preparação física aliada à terapia, trabalhou com mais de 500 atletas nacionais e internacionais, entre eles nomes como os velejadores Robert Scheidt e Lars Grael, os pilotos Chico Serra, Christian Fittipaldi e Mário Haberfeld. É colunista do portal G1 e autor do livro “Fábrica de Campeões” (Editora Gente).

[update]
Infelizmente, por motivos meteorológicos (manhã nublada no Rio de Janeiro que resultou num atraso de quase 3h nos voos da Ponte Aérea) tivemos que abrir mão do horário do hangout com Dr D’Elia.

[/update]

P.S. Teremos também a honra e o prazer de conhecer e ouvir o atleta brasileiro Flavio Canto, que tem um projeto social ligado ao Judô, esporte que o projetou mundialmente. Mas este vai render um post à parte, ok?

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook