destaque / Netflix

greys-anatomy-curiosidades

Estava buscando a versão com legendas do trailer de um filme do Oriente Médio para decidir se eu ia ou não numa cabine de imprensa. Na busca do youtube, surgem vídeos indicados que falavam de Grey’s Anatomy, aquela série neurótica em que os personagens mais queridos morrem a cada duas temporadas, a gente fica sem chão e mesmo xingando a criadora e os roteiristas, voltamos a ver cada vez que uma nova temporada surge.

Não estou só: Grey’s Anatomy foi a série mais assistida na Netflix dos EUA em 2017.

Assistimos porque, na minha humilde opinião de quem cresceu vendo séries com os pais (Casal 20, Dallas, para indicar algumas longas) e que “viveu” os dramas de Plantão Médico (E.R.), a vida deles vai lembrando a nossa e seguimos como se fossem nossos amigos.

Foi interessante ver alguns dos tais vídeos e ver quem são os pares dos atores na vida real. Muita diversidade étnica, hein?

Também gostei de ver como as pessoas ficam sem maquiagem:

Saber da idade real dos atores:

E o que eles faziam antes?

E fã que é fã, caça até as aparições!

Ah, esse é para quem lembra daquele caso do cara que exercia medicina porque era “formado em Grey’s Anatomy” – que, por acaso, é o nome de um livro famoso de anatomia, tá?

Henry Gray’s Anatomy of the Human Body, ou só Gray’s Anatomy (“Anatomia de Gray”), é uma obra reconhecida como um clássico sobre anatomia humana, publicado na Grã-Bretanha em 1858.

As diferenças entre Grey’s anatomy e a medicina da vida real:

Ah, e para quem gosta de fazer turismo de série (visitar os locais onde os personagens vão!), esse vídeo dá umas dicas:

 

Quer mais? Esse vídeo promete contar curiosidades sobre os atores, personagens e sobre a criadora da série Grey’s Anatomy, Shonda Rhimes.

 

 

 

Você pode gostar também de ler:
Como lembrou Francisco Russo no Anime Pop, “o bom anime japonês tem por tradição lidar
Já fazia tempo que eu me devia um tempo para pensar nas ideias de Noam Chomsky 
É de praxe ver listas pelas redes sociais de filmes e séries legais que estão
Quando as grandes redes americanas começaram a tirar seus produtos da Netflix, por um instante
Das coisas maravilhosas do cinema: viajar para lugares novos. Provavelmente eu nunca irei para a
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline Estatísticas