Grávida e ágil no inverno

“A maioria das futuras mamães sentem dores lombares, pois o volume da barriga altera a gravidade e postura do corpo. Uma das formas simples e eficazes para diminuir este alto índice de lombalgia é levantar-se de forma correta. A melhor maneira de proteger a coluna é evitar dar impulso de frente ao sair da cama, pois há muita sobrecarga durante o movimento.”

gravida e agil no inverno dicas.jpeg

Eu sempre ouvi falar que gravidez no inverno é mais fácil. Do meu primeiro filho fiquei grávida no verão e quando chegamos ao meio do outono eu voltei para o Brasil, onde o verão começava de novo! (risos) Enfim, tive uma gestação praticamente vivida toda no calor! Do segundo engravidei no final do verão e ele nasceu na primavera, o que me permitiu passar os meses mais cansativos no frio e confirmar que realmente no inverno é mais agradável estar grávida.

Não pretendo mais ficar grávida, mas minha terceira gestação, vivida na companhia de minhas duas irmãs que moram em cidades de clima bem diferente (Curitiba e Niteroi) e ao mesmo tempo que algumas primas e amigas, me fez viver tudo com mais intensidade. O companheirismo ajuda, as conversas também e, sobretudo, a curiosidade que me faz sempre pesquisar e conversar com profissionais de saúde para entender as “crendices” que costumam ter algum fundo de verdade.

Se você quer encontrar este bem-estar na gravidez nos meses de frio, aproveite as dicas da fisioterapeuta Vanessa Marques, especialista em gestantes e nos cuidados pós-parto, com atividades simples que podem ser realizadas em casa e ajudam a se manter ágil os nove meses de gestação.

Ao acordar, faça este passo a passo:

– Vire- se de lado;
– Coloque os pés para fora da cama;
– Apóie os braços para sair da postura deitada para sentada. Com este gesto a gestante concentrará os esforços no braços e não na coluna;
– Já na posição sentada, aproveitar o momento para realizar alguns movimentos de alongamento.

Aquecendo as mãos e braços:

– Girar as mãos simultânea e lentamente para o lado direito e depois para o lado esquerdo com os punhos fechados. Fazer movimentos de abrir e fechar as mãos, que ajudam para diminuir o inchaço e também a rigidez.

Região dos ombros e do pescoço:

– Girar lentamente para trás o ombro, associando com a respiração. Puxar o ar lentamente na subida do ombro e soltando o ar na descida. Tracionar levemente o pescoço para a lateral direita e depois para esquerda, sentindo o alongamento do músculo.

A fisioterapeuta reforça que ações rotineiras, como não se esquecer de manter a coluna ereta; ao sentar encostar bem as costas e permanecer com os pés apoiados no chão; não ficar muito tempo em uma posição só; evitar peso (como as compras de supermercado) e cuidar com a sobrecarga nos joelhos podem fazer toda diferença no final do dia.

E aí, quem já esteve grávida, lembra como era? Compartilhe suas dicas!

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.