cultura web

“Para o Gmail informar que houve atividade suspeita, ao que tudo indica alguém teve acesso indevido, e, para garantir a sua segurança e privacidade, ele suspendeu o acesso à ela até que você confirme, via SMS, ser a titular.”
@ricardofraga, Gmail Master do Fórum do Gmail

Hoje pela manhã eu lutei contra esta realidade: meu gmail, que mantenho há uns 4 anos, simplesmente não abria. Notei quando não entrou direto e pediu a senha. Nada. A tela me pediu para dar meu número de telefone celular para o qual seria enviado um sms com um código que eu deveria digitar num campo – o passo a passo para confirmar que eu não era um robô tentando acessar meus dados.

(Vale dizer que antes de digitar telefone ou código eu me certifiquei de que o site era mesmo do Google!)

O problema é que nem assim o e-mail foi restabelecido. Aí fiz um pedido formal para o Google liberar a conta e para tanto precisei dar muitos dados sobre o uso que faço dos serviços neste período todo – uma verdadeira sabatina, mas que me provou que há certa segurança até na computação em nuvem (cloud computing) porque nem mesmo meu marido saberia responder tudo. Mas eu passei, consegui, refiz a senha e… o gmail travou de novo!


Como neste tempo todo eu estava conversando com os gentis editores do Google Discovery – primeiro com @renefraga, que é um gentleman, depois com @ricardofraga, que Renê me indicou como super especialista em Gmail, e foi muito paciente comigo – eu já sabia que teria que refazer tudo e depois, imediatamente, tomar duas providências: desativar as permissões de acesso ao gmail (sobre as quais falarei abaixo) e fazer um redirecionamento automático de tudo para outro e-mail.

Então #ficaadica de quem passou maus bocados com o gmail hoje:

  • Cuide da senha – troque sempre (com a regularidade com que troca a escova de dentes) e use uma combinação não óbvia de letras e números (isso eu fazia!)
  • Desative as permissões – é simples, rápido e indolor. Basta acessar esta página e verificar se há algum site externo com autorização para acessar a tua conta. A dica foi do @ricardofraga e realmente tinha muito site externo com autorização… uma vergonha. Agora está limpo e mais nada de acesso via conta Google de serviços fora do Google.
  • Manter as opões de recuperação atualizadas – foi dica do Master Gmail também e hoje vi que tem muito sentido. O recomendável é acessar esta página e verificar se todas as opções de recuperação estão atualizadas. Isso poderá facilitar as coisas caso o problema volte a ocorrer.

E se sua conta for muito importante e você não usar mesmo um Outlook ou Thunderbird para baixar os e-mails no computador (é possível baixar mesmo gmail pro computador e receber mensagens de hotmail no gmail), eu sugiro que você redirecione os e-mails para outra caixa de mensagens. Se for no gmail, logado na sua conta, basta acessar esta página e lá configurar.

😉

Posts Relacionados

The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline Estatísticas