Crescidinhos / destaque / educação / empreendedorismo

20140311-231318.jpg

A falta de conhecimentos financeiros faz com que muitos jovens se endividem, com consequências negativas para seu desenvolvimento. Com educação financeira, as crianças e jovens podem aprender a poupar e utilizar seu dinheiro de forma responsável, contribuindo para seu bem-estar e sua qualidade de vida.

Mas como garantir esta educação financeira adequada?

Uma série de eventos voltados ao tema acontecem no mundo a partir desta 2ª feira, 17/03, para comemorar a Global Money Week 2014, que tem como objetivo despertar nas crianças o interesse pela educação financeira e países em todos os continentes estarão unidos na conscientização sobre a importância do tema.

O movimento é coordenado pela Child and Youth Finance International (Cyfi), uma ONG baseada em Amsterdam (Holanda) e tem o apoio de líderes e organizações em todo o mundo, incluindo Ban-Ki Moon, secretário-geral da ONU.

Uma das preocupações da Cyfi é a promoção de direitos financeiros de crianças e jovens. Atualmente, apenas 1% das crianças no mundo têm acesso à educação e inclusão financeira. Segundo estimativas, um bilhão de crianças vivem na pobreza.

A programação aqui no Brasil da Global Money Week 2014 inclui concursos de redação e cartazes sobre educação financeira, contação de estórias e mini-oficinas, oficina para professores do ensino fundamental, em Brasília, além de doação de livros sobre o tema para escolas e bibliotecas de todo o País.

Você pode gostar também de ler:
Desde que fiz meu primeiro detox digital, num verão há alguns anos, eu tenho descoberto
Eu vi nascer o Fórum Cristão de Profissionais. Estava no culto num domingo em que
vait_mcright / Pixabay Sempre acreditei na vida junto. Nada do que
“Cada sonho que você deixa para trás é um pedaço do seu futuro que deixa
Participei do COLab, o Laboratório de Convergência Audiovisual, que reuniu na Unibes Cultural interessados na
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline Estatísticas