destaque / entretenimento

Livro Guerra dos Tronos (Game of Thrones)

Outro dia, na piscina do clube, eu tuitei que os Stark não me deixavam em paz. E é um pouco verdade. Desde que comecei a ler A Guerra dos tronosAs Crônicas de Gelo e Fogo (Game of Thrones, por George R. R. Martin), primeiro livro da série de “fantasia épica” As Crônicas de Gelo e Fogo, passo meu tempo livre degustando as palavras.

Lançado em 1996, mesmo vencedor de prêmios, o livro não se popularizou aqui até a chegada da versão para TV em 2011 – e eu meio que aposto que o revival de O Senhor dos Aneis e a longa fase de Harry Potter devem ter atrasado sua chegada às nossas prateleiras.

A série produzida pelo canal HBO e veiculada aqui por sua subsidiária brasileira, é uma produção excelente, mas com aquele “ar noir” e “jeito cru” característico dos filmes e séries europeias que retratam épicos medieviais: não há meio termo, as cenas são chocantes (e feitas para isso) e, embora não se veja um excesso de cenas de sexo, as poucas são (muito) pesadas para menores de idade.

Dogo e Daenerys Targaryen em Guerra dos tronos

Gostei do livro porque, embora seja muito bom, ele não repete este padrão. A história, bárbara, sem meio termo nem papas na língua está lá, mas não sem o impacto visual muito da crueldade e da “crueza” se desvanecem e podemos focar mais no romance pseudo-histórico.

A série volta em começo de abril e nesta época correm a internet virais com chamadas divertidas que lembram o clima de Game of Trones, como esta abertura dos Simpsons e as brincadeiras com os reis dos desenhos da Disney, que nos lembram que as guerras de tronos pelo poder estão presentes nas melhores histórias que lemos, contamos e assistimos, mesmo na tenra infância.

Springfield versão Guerra dos Tronos:

O original:

Versões Disney:

Versão Super Mario (update em maio de 2014)

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline Estatísticas