destaque / empreendedorismo / sustentabilidade


Uma coisa que aprendi quando mudei para São Paulo foi dizer de onde você é. E a Mooca é na ZL, esse lado populoso e cheio de personalidade e orgulho da capital. Mas a Zona Leste é também uma região carente de iniciativas. Por isso, ao ver essa dica do @isustentavel, tive que trazer para cá, afinal, trata de empreendedorismo, sustentabilidade e responsabilidade social compartilhada.

A dica é do edital que selecionará até dez projetos inovadores de micros e pequenos empreendimentos, oferecendo capacitação, apoio técnico e financeiro do Fundo Zona Leste Sustentável para aprimorar as condições de competitividade, sustentabilidade e geração de oportunidades de trabalho e renda na região. 

O Fundo Zona Leste Sustentável é um fundo territorial criado para apoiar iniciativas de empreendedorismo na extrema zona leste de São Paulo. Acreditamos que o empreendedorismo é um poderoso meio para ativar e potencializar o desenvolvimento local. 


Podem participar da chamada pública pequenos e microempresários, empreendedores individuais e cooperativas dos distritos de São Miguel Paulista, Vila Jacuí, Jardim Helena (subprefeitura de São Miguel Paulista), Ermelino Matarazzo e Ponte Rasa (subprefeitura de Ermelino Matarazzo), Itaim Paulista e Vila Curuça (subprefeitura do Itaim Paulista), Itaquera, Cidade Líder, José Bonifácio e Parque do Carmo (subprefeitura de Itaquera), Iguatemi, São Mateus e São Rafael (subprefeitura de São Mateus), Lajeado e Guianases (subprefeitura de Guaianases) e Cidade Tiradentes (subprefeitura de Cidade Tiradentes). 

Dez projetos serão selecionados e contemplados com crédito de até R$ 15 mil.
Os interessados deverão inscrever seus projetos pela plataforma entre os dias 22 de junho e 15 de julho de 2016. Para outras informações, basta entrar em contato pelo e-mail: contato@zlsustenta.org.br.

O Instituto Alana e a Fundação Tide Setubal são as entidades criadoras do Fundo e apoiadoras da iniciativa. 


Estatísticas